PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valença contou à pequenada toda a história do aviador que pousou no rio Minho há 90 anos [FOTOS]

13 Novembro, 2023 - 18:00

427

0

Efeméride.

Valença assinalou segunda-feira, 13 de novembro, os 90 anos da chegada do aviador Lindbergh, à Insua do Crasto, no rio Minho, em Friestas, juntos dos mais pequenotes, no Centro Escolar de Friestas.

 

Os jovens alunos de Friestas viajaram no tempo e, por uma tarde, transformaram-se em jovens pilotos e encarnaram a figura de Charles Lindbergh.

 

Esta foi uma oportunidade para descobrirem, um pouco mais, sobre essa grande figura da aviação mundial, ligado há 90 anos, à sua freguesia e que tantas histórias e memórias tem proporcionado geração a geração.

 

A atividade constou de um enquadramento histórico, da amaragem de Charles Lindbergh e Anne Morrow, a 13 de novembro de 1933, com o seu hidroavião “ Lockheed Sirius” a cargo da técnica de museologia do Município, Isilda Salvador.

 

Na atividade participaram, também, o piloto José Manuel Gomes, do Aeródromo de CERVAL que traçou o perfil do aviador Lindbergh e dos seus grandes feitos.

 

 

Veja a galeria de fotos [créditos: Município Valença]

 

 

O friestense Alípio Nunes, autor do monumento a Lindbergh, explicou o significado da escultura e o que representa para Friestas.

 

Eduardo Barreiro, presidente do Clube Praticantes Kamikazes AIR RC de Valença, proporcionou uma demonstração de aeromodelismo, com uma réplica de um hidroavião com 1,30 metros.

 

Devido às condições climatéricas não foi possível fazer a visita dos alunos ao local de amaragem do hidroavião e à escultura de Lindbergh.

 

Charles Lindbergh é uma das grandes referências da história da aviação e foi um notável contador de histórias que com a obra “The Spirit of St. Louis” ganhou o prémio Pulitzer. O nome da obra é o nome do avião que cruzou o Atlântico no primeiro voo solitário, sem escalas, entre Nova York e Paris.

 

 

 

[Fotografia capa: Município Valença]

Últimas