PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

1

0

Galiza

Galiza na corrida de desvendar um dos maiores segredos da história – Seria ele galego?

15 Novembro, 2022 - 11:36

3226

0

Um dos maiores mistérios da história.

Vários arqueólogos deram por concluídas as escavações num cemitério da localidade de Poio, em Pontevedra, onde estão supostamente sepultados vários familiares de Cristóvão Colombo.

 

Segundo o jornal Quincemil, as prospeções permitiram a recolha de 25 ossos, sendo que quatro poderão conter amostras significativas de ADN que poderão ser comparadas com o do navegador, de naturalidade ainda desconhecida, que está sepultado em Sevilha.

 

A verdadeira nacionalidade de Colombo é um dos maiores segredos que a história ainda conserva. Há quem defenda que era italiano. Outros apontam-no como português. Mas a Galiza não se fica e quer agora mostrar que o descobridor era mesmo galego.

 

As escavações foram dirigdas pela Asociación Cristóbal Colón Gallego.

 

 

Escavações no cemitério de Poio, em Pontevedra

[Fotografia: jornal Quincemil]

 

 

“O apelido Colón só existe em Pontevedra. Não há em mais nenhuma cidade do mundo”, realçou Eduardo Esteban, presidente daquela associação.

 

A análise e comparação destas ossadas com as já disponíveis de Colombo estará a cargo da Universidade de Granada.

 

Cristovão Colombo terá nascido em 1451. Morreu a 20 de maio de 1506 em Valladolid, Espanha. Foi um navegador e explorador ao serviço dos Reis de Espanha que, a 12 de outubro de 1492 alcançou o continente americano por mar.

 

Na sua viagem pelo oceano Atlântico, tinha como objetivo atingir a Índia. Acabou por descobrir as ilhas das Caraíbas e, mais tarde, a costa do Golfo do México, na América Central.

 

 

 

[Fotografia capa: DR]

Últimas