PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Arcos de Valdevez

Arcos: Município apoio Bombeiros com mais 60 mil euros

14 Maio, 2022 - 10:08

159

0

Protocolo junta-se ao já celebrado anteriormente referente ao apoio às duas Equipas de Intervenção Permanente.

O Município de Arcos de Valdevez celebrou um protocolo de colaboração anual com a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Arcos de Valdevez, no valor de 60.000 euros.

 

Tal como nos anos transatos, este protocolo tem como objetivos fundamentais “a cooperação das duas entidades nos domínios do aviso, alerta, intervenção, apoio e socorro através do corpo de Bombeiros Voluntários; Colaboração com o Serviço Municipal de Proteção Civil, na implementação e coordenação de programas de prevenção e vigilância de fogos florestais; no asseguramento, com plena eficácia, das comunicações telefónicas, via rádio ou outras, na Central de Comunicações, 24 horas por dia, todos os dias do ano e assegurar a emergência pré-hospitalar, como reforço complementar ao SBV – Suporte Básico de Vida, de forma a garantir a continuidade de parâmetros de qualidade na assistência pré-hospitalar à população”, refere a autarquia.

 

Aos Bombeiros Voluntários caberá igualmente “colaborar ao nível da limpeza de neve e espalhamento de sal; na abertura de sargetas; na verificação da operacionalidade da rede de pontos de água, conjuntamente com os serviços municipais; na verificação da operacionalidade de hidrantes, conjuntamente com os serviços municipais; e na colaboração com os serviços municipais em caso de intempéries”.

 

De referir que este protocolo junta-se ao já celebrado anteriormente referente ao apoio às duas Equipas de Intervenção Permanente (EIP) existentes no concelho, no valor anual de 60 mil euros.

 

As EIP exercem a sua missão de forma permanente e visam assegurar, em permanência, o socorro às populações, designadamente no combate a incêndios; no socorro às populações em caso de incêndios, inundações, desabamentos, abalroamentos e em todos os acidentes ou catástrofes; bem como a colaboração em outras atividades de proteção civil, no âmbito do exercício das funções específicas que são cometidas aos corpos de bombeiros.

Com estes protocolos a Câmara Municipal pretende “continuar a garantir meios eficazes de salvaguarda de pessoas e bens, bem como dar uma assistência célere às populações em caso de necessidade”.

 

 

[Fotografia: Direitos Reservados]

Últimas