PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Começou a Festa que “é motor da economia do vinho e da vinha” [FOTOS]

26 Abril, 2024 - 20:12

756

1

Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço.

O Presidente da Câmara de Melgaço considerou esta sexta-feira que a Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço “acompanhou os tempos”.

 

No discurso de abertura daquele evento, que se prolonga até domingo, Manoel Batista percorreu o palmarés do certame e recordou alguns dos galões conquistados nos últimos anos.

 

“Foi considerada em 2008 Evento Turístico de Interesse Nacional. Em 2010 assistiu à renomeação da Sub-Região, que passou a chamar-se Monção e Melgaço. Em 2014 viu ser atribuída a Indicação Geográfica Protegida (IGP) ao presunto, salpicão, e chouriça de sangue produzidos em Melgaço. Em 2015 viu ser alargada a Denominação de Origem (DO) a toda a região dos vinhos verdes. Em 2016 viu ser criado o selo Monção e Melgaço. Em 2021 viu ser criado o NUTRIR como embrião, esperamos, de um Centro Tecnológico e Investigação na área do Agroalimentar para o Alto Minho”, enumerou.

 

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

O autarca não tem duvidas, portanto, de que atualmente a Festa do Alvarinho e do Fumeiro “é motor da economia do vinho e da vinha, é motor da economia do turismo do território, no alojamento, na gastronomia, e nas atividades de natureza”.

 

A um ano de concluir 12 anos à frente da Câmara Municipal de Melgaço, Batista deixou já o mote para o futuro. Para o depois de si.

 

“O caminho futuro desta festa dependerá mais daquilo que o território ditar, do que da vontade dos decisores políticos, partindo da inabalável certeza de que estes estarão sempre do lado do compromisso, da solução e da inovação”, concluiu.

 

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

A 30ª edição da Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço vai prolongar-se até domingo, no Largo do Mercado Municipal.

 

No certame estão presentes 29 produtores de alvarinho da sub-região de Monção e Melgaço e 16 produtores de produtos locais / inovadores.

 

Com uma área de 3.800m2, o certame apresentará ainda espaços específicos para a restauração (com capacidade para cerca de 480 pessoas sentadas).

 

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

 

O que ainda pode ver e ouvir:

 

SEXTA-FEIRA | 26 DE ABRIL

22H30 – ANIMAÇÃO MUSICAL | GRUPO AMÉRICA
0H00 – ANIMAÇÃO MUSICAL | DJ VIKTOR SOUL
4H00 – ENCERRAMENTO

 

 

SÁBADO | 27 DE ABRIL

10H00 – ABERTURA AO PÚBLICO / DEGUSTAÇÃO E VENDA DOS PRODUTOS LOCAIS
11H30 – PROVA COMENTADA “MONÇÃO E MELGAÇO: UM TERROIR ÚNICO” | APA (ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES DE ALVARINHO DA SUB-REGIÃO DE MONÇÃO E MELGAÇO)
15H00 – PROVA COMENTADA “UMA CASTA. VÁRIOS ESTILOS DE VINHO” | BEATRIZ MACHADO, Niepoort
16H00 – ANIMAÇÃO MUSICAL | CHARANGA CAMISAS NEGRAS
17H30 – SHOWCOOKING E HARMONIZAÇÃO | CHEFE HÉLIO LOUREIRO
18H30 – ANIMAÇÃO MUSICAL | CHARANGA CAMISAS NEGRAS
22H30 – ESPETÁCULO FOREVER 80´S | BERTO BOSS
4H00 – ENCERRAMENTO

 

DOMINGO | 28 DE ABRIL

10H00 – ABERTURA AO PÚBLICO / DEGUSTAÇÃO E VENDA DOS PRODUTOS LOCAIS
11H30 – PROVA COMENTADA “ENTENDER AS DIFERENTES EXPRESSÕES DO ALVARINHO, SEM DESCREVER AROMAS NEM DAR NOTAS” | MANUEL MALFEITO, Instituto Superior de Agronomia de Lisboa
15H00 – ANIMAÇÃO MUSICAL | QUIM BARREIROS
16H30 – SHOWCOOKING E HARMONIZAÇÃO | CHEFE DAVID COUÑAGO FREIRE
17H30 – ENCONTRO DE GRUPOS FOLCLÓRICOS (Grupo Etnográfico da Casa do Povo de Melgaço, Danças e Cantares Castrejos, Grupo Danças e Cantares de Mazedo e o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Tramagal)
20H00 – ENCERRAMENTO

 

 

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas