PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valença: Inferno na EN13 – Impressionantes VÍDEOS mostram de perto destruição total

23 Março, 2024 - 01:51

2129

0

Violento incêndio reduziu armazém a escombros. Não há feridos.

São imagens impressionantes, exclusivas e cedidas à Rádio Vale do Minho captadas por Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira durante a noite desta sexta-feira, na Estrada Nacional 13, na União de Freguesias de Gandra e Taião, em Valença.

 

Um violento incêndio devorou um uma loja de produtos low cost.

 

No local, gerido por emigrantes, estão várias corporações vindas do Alto Minho, estiveram otal de 33 operacionais apoiados por 14 viaturas.

 

 

Os três amigos chegam ao local e captam o fogo ainda numa fase inícial.

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

Apesar do esforço dos bombeiros, as chamas tornam-se mais violentas e começam a consumir todo o interior do edifício.

 

O fogo começa a tomar proporções assustadoras.

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

Com a GNR no local, a Estrada Nacional 13 é cortada ao trânsito.

 

O cenário torna-se mais perigoso. O trânsito começa a ser desviado. As labaredas começam a assumir todo o edifício.

 

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

[créditos: Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

 

 

 

O armazém que ardeu, em setembro de 2022, ainda antes da atual gerência

[Fotografia: Google Maps]

 

 

 

O fogo foi extinto já passava da 1h15 da madrugada deste sábado. O edifício ficou reduzido a escombros.

 

Para além dos danos materiais, não houve quaisquer feridos a registar do incidente.

 

Desconhece-se ainda a origem das chamas.

 

A GNR registou a ocorrência.

 

 

 

[Fotografias capa: screens vídeos Luís Cunha, Hélder Dinis e Cirilo Teixeira em exclusivo à Rádio Vale do Minho]

Últimas