PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Eis a Rua (e a Praceta) Evaristo Álvaro Cardoso [FOTOS]

25 Abril, 2024 - 12:59

1406

0

Inauguradas esta quinta-feira.

Foram inauguradas esta quinta-feira, em Monção, as novas Rua e Praceta Evaristo Álvaro Cardoso, próximas da Avenida D. Afonso III.

 

O momento aconteceu imediatamente a seguir à Sessão Solene do 25 de abril naquele concelho.

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

Na presença de dezenas de convidados, populares, familiares e amigos do saudoso empresário, foram descerradas as respetivas placas que dão agora o nome de um monçanense carinhosamente recordado por todos.

 

“Sempre que era procurado por monçanenses ou por gente que não era do nosso concelho, mostrava-se sempre disponível para ajudar e para afirmar a sua terra”, recordou o Presidente da Câmara, António Barbosa, à Rádio Vale do Minho.

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

Fundador do Solar dos Presuntos, Evaristo Cardoso tornou-se “muito reconhecido na sociedade de Lisboa e muito valorizado por gente de todas as áreas”.

 

“Nunca esqueceu as suas raízes. Era aqui que era feliz! Estava sempre a tentar vir a Monção. É uma homenagem sentida e muito mais do que justa”, concluiu Barbosa.

 

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

Cidadão de mérito do Município de Monção, desde 2004, Evaristo Cardoso foi também distinguido com a Comenda da Ordem de Mérito Empresarial, atribuída pelo Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa.

 

Ao longo da sua extensa carreira, Evaristo Cardoso colecionou várias distinções que atestam a qualidade do Restaurante Solar dos Presuntos.

 

Aberto no ano da revolução, 30 de outubro de 1974, ganhou, com o passar do tempo, grande notoriedade e prestígio universal.

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

As provas estão bem expressas nas paredes do Solar dos Presuntos, com fotografias de personalidades de todos os quadrantes da vida nacional e internacional, bem como nas críticas gastronómicas da comunicação social.

 

Nas décadas de oitenta e noventa do século passado, Evaristo Cardoso assumiu funções como chef da Seleção Nacional de Futebol, vendo reconhecida a sua dedicação e competência na área da gastronomia.

 

Nas entrevistas dadas a distintos órgãos de comunicação, lembrava que foram momentos inesquecíveis de grande amizade que lhe permitiram, na vertente profissional, um contacto valioso com a culinária de diferentes países.

 

Morreu em dezembro de 2022, aos 80 anos de idade.

 

 

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas