PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Valença

Valença: Conselho Municipal de Educação quer videovigilância na Escola Básica 2,3/S

4 Dezembro, 2021 - 16:34

669

0

Segurança.

O Conselho Municipal de Educação de Valença quer um “circuito interno de câmaras de vigilância” na Escola Básica 2,3/S daquele concelho. Esta é uma das medidas a adotar num futuro próximo que emanou de uma reunião com o presidente da Câmara, José Manuel Carpinteira.

 

Entre outras entidades, marcaram também presença o Presidente da Assembleia Municipal, Vereador da Educação, Diretora do Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho, Representante do ensino público superior, Representante do pessoal docente do ensino secundário público, representante do pessoal docente do ensino básico público, e representantes da associação de pais e encarregados de educação.

 

A escola passou a ter, recentemente, serviço de segurança privada. Uma medida adotada pelo Município no sentido de combater “o clima de insegurança vivido na comunidade escolar”. 

 

A decisão recorde-se, surgiu na sequência dos incidentes registados  no final do mês passado naquela escola, onde dois alunos e duas funcionárias ficaram feridos na sequência de agressões no interior do estabelecimento de ensino.

 

Ainda desta mesma reunião, ficaram assentes outras medidas a adotar, nomeadamente a contratação de um mediador de conflitos que trabalhe com todos os membros da comunidade
escolar; solicitar a presença dos agentes da Escola Segura (GNR) com maior frequência; melhor articulação com o Gabinete de Apoio à Família (GAF); a sensibilização da tutela para a transferência dos alunos para outros estabelecimentos, quando a Escola esgotar todas as punições previstas.

 

 

[Fotografias: ext/DR; int/Município Valença]

Últimas