PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Caminha

Rui Lages garante que “todas as viaturas” têm seguro – “Esperemos que a coligação peça desculpas”

23 Outubro, 2023 - 22:59

3307

0

“Esta coligação prefere ir para a comunicação social e para as redes sociais levantar falsos testemunhos e até levantar questões que criam alarme social”.

O Presidente da Câmara Municipal de Caminha garante que “a Câmara Municipal de Caminha tem em vigor todos os seguros das suas viaturas municipais”. 

 

Aos microfones da Rádio Vale do Minho, Rui Lages assegurou que “somos detentores das cartas verdes, as quais demonstram que a Câmara Municipal teve e tem os seus seguros em dia”.

 

O autarca socialista reagiu desta forma ao comunicado emitido esta segunda-feira pela coligação O Concelho em Primeiro (OCP) [PSD/CDS-PP/Aliança/PPM], onde Rui Lages é acusado de “irresponsabilidade” ao “deixar os transportes escolares e outros veículos circularem sem seguro”.

 

No mesmo documento, a coligação OCP diz que a GNR “mandou parar viaturas do município, inclusive transportes escolares”, tendo sido a autarquia autuada em “milhares de euros por falta de seguro”.

 

Na reação, Rui Lages segue em tom de supresa.

 

“Sei que a GNR mandou parar duas viaturas ligeiras nossas. Quanto aos seguros, todos em vigor”, reiterou desmentindo os “milhares de euros” de multa bem como a existência de “carros apreendidos por falta de seguro”.

 

 

Presidente lamenta “alarme social” provocado

No mesmo comunicado, a coligação OCP alerta para o facto de que “podem estar neste momento crianças a serem transportadas em viaturas sem qualquer seguro”.

 

Na resposta, uma vez mais, Rui Lages foi pragmático.

 

“Lamento, mas lamento profundamente que o PSD – com esta capota da coligação O Concelho em Primeiro venha agora lançar mentiras e falsos testemunhos para com a Câmara Municipal de Caminha”.

 

O Presidente da Câmara só consegue ver um objetivo da direita com este comunicado.

 

“Eles querem é difamar a Câmara Municipal, o Presidente da Câmara Municipal, mas eles não podem esquecer-se que fazem também parte da Câmara Municipal. São vereadores da oposição e têm todos os meios para questionar se havia ou não seguro nas viaturas”, lembrou.

 

“Mas não. Esta coligação prefere ir para a comunicação social e para as redes sociais levantar falsos testemunhos e até levantar questões que criam alarme social de forma desmedida e não pensam nas consequências dos seus atos”, atirou Rui Lages.

 

O autarca promete não ficar por aqui.

 

“Como ninguém está acima da lei, iremos agir judicialmente junto do Ministério Público. A verdade tem de ser reposta. O PSD e a coligação OCP vão ter de demonstrar o que afirmaram. Toda esta situação é lamentável mas não ficará assim”, garantiu.

 

“Iremos repor a verdade, nem que seja pelos tribunais. Esperemos que o PSD venha depois dar a mão à palmatória e pedir desculpas à Câmara Municipal, ao Presidente da Câmara Municipal e, acima de tudo, pedir desculpas aos Munícipes do concelho de Caminha”, disse.

 

Em jeito de conclusão, Rui Lages apontou as próximas eleições autárquicas previstas para 2025.

 

“Há uma sede de poder desmedida [por parte da oposição]! É o vale tudo por tudo! Não importa o que se fere, o que se magoa ou atinge para chegar aos objetivos. E isso é bastante característico nesta liderança da coligação OCP. É a oposição que temos, infelizmente. A nós resta-nos fazer o nosso trabalho, que é desenvolver o concelho de Caminha. Criar políticas públicas para o bem estar da nossa população”

 

“Perdemos cinco minutos do nosso dia a responder a estes comunicados com mentiras. Com falsidades. Mas já nada nos surpreende”, concluiu.

 

 

 

[Fotografias capa: Município Caminha]

Últimas