PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

País

País: Padre e freiras escravizaram noviças – Foram condenados a penas entre 12 e 17 anos

1 Julho, 2022 - 13:50

615

0

Escravidão.

O Tribunal de Guimarães condenou esta sexta-feira a penas entre 12 e 17 anos de prisão um padre e três responsáveis de uma “associação de fiéis” de Requião, em Famalicão, no distrito de Braga, por escravizarem noviças.

 

Segundo o jornal O Minho, o padre Joaquim Milheiro, com cerca de 90 anos, e as arguidas Maria Arminda Costa, Maria Isabel Silva e Joaquina Carvalho, hoje com idades entre os 70 e os 75 anos, estavam acusados de nove crimes (nove vítimas, à data dos factos com idades entre os 12 e os 20 anos) de escravidão, incluindo a escravidão laboral.

 

Maria Arminda Costa foi condenada a 17 anos de prisão, o padre Joaquim Milheiro foi condenado a 15 anos de cadeia, enquanto a Maria Isabel Silva e a Joaquina Carvalho o tribunal aplicou as penas de 14 e de 12 anos de prisão, respetivamente.

 

 

[Fotografia: Screen / CMTv]

Últimas