Menu

+

0

0

Paredes de Coura

P. Coura: Orçamento de 22 milhões aprovado por unanimidade em Assembleia Municipal

17 Dezembro, 2023 - 03:20

225

0

“A melhor forma de acudir aos que mais precisam é através da criação de riqueza”, defende Vítor Paulo Pereira.

Um orçamento a rondar os 22 milhões de euros [21.903,378 milhões de euros], centrado na captação de investimento, na criação de emprego e na educação, na formação e na cultura, foi aprovado por unanimidade na Assembleia Municipal de Paredes de Coura.

 

O Plano de Atividades e Orçamento para 2024 do município, mais uma vez, reforça a ideia de que “o grau de desenvolvimento de uma terra não se mede pela proximidade ao centro. O dinamismo económico de um território já não está na geografia, mas naquilo que as pessoas são capazes de fazer”, sustenta o autarca Vitor Paulo Pereira, para quem o desafio para os próximos 5 anos passa por integrar Paredes de Coura no ranking dos 20 concelhos mais exportadores da região Norte.

 

“Neste momento os nossos parques industriais têm um volume de negócios de 200 milhões de euros, dos quais 150 milhões são para exportação”, explicou o presidente da Câmara, anunciando que já existe o projeto para a terceira zona industrial, que nascerá em Linhares, ao que se somarão novos investimentos.

 

“Graças à Zendal, Paredes de Coura fará parte de um novo cluster biotecnológico que nascerá entre Porriño e Coura. A Galiza é um grande parceiro comercial da região Norte e do país, pelo que temos de aproveitar a proximidade com uma oportunidade única para o aprofundamento das relações comerciais bilaterais. Temos de cooperar, em vez de competir, para ganhar músculo no mercado global”.

 

 

Aposta nas qualificações dos jovens
É neste contexto que também tem sido reforçada a aposta nas qualificações dos jovens deste território, ao que não é alheia a criação com a Zendal e com a Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional de um novo curso de biotecnologia, que faz parte do catálogo Nacional de Qualificações, e já está a funcionar no polo de Coura da EPRAMI.

 

Com os municípios de Monção e Melgaço, Paredes de Coura concorreu a 3 centros tecnológicos especializados, tendo todos sido aprovados no valor de 4,5 milhões de euros.

 

Com o Politécnico de Viana do Castelo foi também criado um CTeSP (Cursos Técnicos Superiores Profissionais) na área da biotecnologia, reforçado também pela criação de uma ADL, Associação de Desenvolvimento Local, ligada à biotecnologia e “com o objetivo da promoção, da inovação, da tecnologia e do conhecimento”, enfatizou Vitor Paulo Pereira.

 

 

Dinâmica empreendedora e reforço na habitação
Paralelamente, outras importantes empresas sediadas em Paredes de Coura dão sinais de enorme vitalidade. A Doureca ganhou dois novos clientes: a Mercedes e a Ferrari.

 

A Akwel prepara a construção de mais uma unidade e a Kyaia apronta a entrada no mundo do metaverso.

 

“Estamos a crescer de forma sustentada e rápida, sem lamentos ou esperar que os outros façam o nosso trabalho”, acrescentou o presidente da Câmara, que acompanha toda esta dinâmica empreendedora com a aposta na habitação.

 

“Arrancou há dois meses o primeiro projeto de habitação a custos controlados com 27 apartamentos e estamos a finalizar um processo de candidatura ao PRR de 55 habitações para arrendamento acessível, na zona da Nogueira”, recordou.

 

Por tudo isto, Vitor Paulo Pereira não tem dúvidas que este “é um orçamento para as pessoas, para as famílias. E a melhor forma de acudir aos que mais precisam é através da criação de riqueza que passa pela atração de investimento, pela criação de postos de trabalho, pela aposta na cultura e na educação, pela requalificação urbana, pelo apoio aos comerciantes e pelo asseio da nossa vila”, concluiu.

 

 

[Fotografia: Município P. Coura]

Últimas