PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

País

“Na estrada não existem super-heróis”, lembra a GNR

12 Fevereiro, 2024 - 11:30

551

0

Operação Carnaval 2024 da GNR já está na estrada.

“Na estrada não existem super-heróis”. As palavras foram escritas pela GNR nas redes sociais, com objetivo de lembrar aos condutores que a folia do Carnaval deve ser vivida “com responsabilidade”.

 

“Evite o excesso de velocidade e não permita que a pressa estrague a alegria. Respeite as regras de trânsito e garanta que todos chegam a casa em segurança”, escreveram os militares.

 

Na mesma publicação a GNR recordou um conjunto de regras que deve cumprir: “se beber não conduza”, “cumpra os limites de velocidade”, “não pratique manobras perigosas”, “use o cinto de segurança e garanta que todos os ocupantes do veículo também o fazem”, “no caso de crianças, use sistemas de retenção adequados” e “não manuseie o telemóvel enquanto conduz”.

 

Conforme noticiou a Rádio Vale do Minho, a Operação Carnaval 2024 da GNR já está na estrada.

 

Até 14 de fevereiro, os militares vão reforçar o patrulhamento e fiscalização nos locais de festividades, assim como nos estabelecimentos comerciais onde se proceda à venda de artigos pirotécnicos e nos eixos rodoviários de acesso às principais zonas onde ocorram festividades.

 

O objetivo desta operação, refere a GNR, é “prevenir a venda e utilização de material pirotécnico, combater a criminalidade, contribuir para a redução da sinistralidade rodoviária, garantir a fluidez do tráfego e apoiar todos os cidadãos, potenciando o sentimento de segurança, proximidade e confiança na Guarda”.

 

A GNR lembra que “as festividades associadas ao Carnaval provocam um aumento significativo do tráfego rodoviário em consequência das deslocações de inúmeras pessoas dos locais de residência habitual para os locais festivos, sendo este um período também propício a comportamentos de risco, tais como um maior consumo de bebidas alcoólicas e/ou substâncias psicotrópicas e a condução sob o seu efeito, fatores que potenciam situações de conflito, a probabilidade da ocorrência de acidentes de viação e de incidentes de ordem pública”.

 

A GNR empenhará o dispositivo de trânsito e o dispositivo territorial, para garantir “uma maior eficiência do patrulhamento com o objetivo garantir o sentimento de segurança dos cidadãos”.

 

 

 

[Fotografia: GNR/Divulgação]

Últimas