PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção: Jovem que terá sido vítima de abuso garante que “foi consentido”

24 Janeiro, 2023 - 13:03

3840

0

Antigo padre prestava serviços nas paróquias de Abedim, Bela, Cambeses, Longos Vales, Portela e Sago, naquele concelho.

O jovem que alegadamente terá sido vítima de abuso sexual pelo então padre André Gonçalves, de Monção, garante que “houve total consentimento das duas partes”, segundo a Alto Minho TV.

 

“ Tudo o que aconteceu entre mim e o Padre André Filipe Gonçalves foi com o consentimento dos dois, o que não deixa de constituir um problema para o sacerdote. Contudo, o mesmo confrontado com a denúncia admitiu o facto de se ter envolvido comigo e não, como referia o comunicado, ter abusado de mim”, explicou o jovem àquele órgão de comunicação social.

 

“Peço que a verdade seja reposta. Mais uma vez friso, tudo o que aconteceu entre mim e o André Filipe foi consentido, não me obrigou a nada!”, reiterou.

 

Recorde-se que padre André Filipe da Costa Gonçalves, sacerdote no concelho de Monção, confessou o crime de abusos sexuais de menores, revelou a Diocese de Viana do Castelo.

Em comunicado, a diocese refere que recebeu um denúncia “no âmbito dos abusos sexuais de menores, visando o padre André Filipe da Costa Gonçalves, tendo a mesma diocese comunicado a notificação às autoridades civis e canónicas competentes”.

 

O padre de 39 anos já foi confrontado pela Diocese e “confirmou os factos de que é acusado”. Prestava serviços nas paróquias de Abedim, Bela, Cambeses, Longos Vales, Portela e Sago, naquele concelho.

 

Comunicou ainda a sua decisão de se “afastar do exercício das suas funções”.

 

No mesmo comunicado, a diocese de Viana reforça que o sacerdote está “proibido de exercer publicamente o ministério”.

 

 

 

[Fotografia: DR]

Últimas