PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção convida famílias a visitar este museu pela mão de… João Verde!

20 Maio, 2022 - 13:36

513

0

No âmbito do Dia Internacional dos Museus, cuja data se assinalou esta quinta-feira, dia 18 de maio.

Uma visita guiada para toda a família ao museu Monção&Memórias pela mão de… João Verde – o nome maior das letras monçanenses. Eis a proposta do Município para este fim-de-semana, no sentido de celebrar o Dia Internacional dos Museus, cuja data se assinalou esta quinta-feira, dia 18 de maio.

 

Intitulada Eu Vou ao Museu, esta iniciativa destaca-se desde logo pela originalidade dos visitantes serem recebidos naquele museu pelo nome mais icónico das letras de Monção. Uma visita guiada, onde João Verde promete conduzir o público presente pelos diferentes espaços daquele equipamento cultural.

 

“Uma forma didática e entretida de transmitir a história de Monção”, explica o Município em nota divulgada.

 

As visitas guiadas por João Verde realizam-se às 11h00, tanto no sábado como no domingo. Não é necessária inscrição.

 

 

Quem foi João Verde?

João Verde, pseudónimo de José Rodrigues Vale, poeta maior das letras monçanenses, nasceu em 1866, no Largo da Palma, e faleceu em 1934, na “Casa do Arco”, Rua Conselheiro Adriano Machado, conhecida localmente como Rua Direita.

 

Exercendo como secretário da Câmara Municipal de Monção, desde 22 de julho de 1891 até à data do seu falecimento, a vida literária de João Verde distribuiu-se pela criação poética em verso e em prosa e pelo jornalismo, publicando textos seus nos jornais “Aurora do Lima”, “A Terra Minhota”, “Alto Minho”, “Monsanense” e “Independente”. Em 1901, funda “O Regional” (1901 – 1918).

 

 

Sobre o Museu…

O Museu Monção & Memórias, equipamento cultural que retrata a história da gente e do território, foi aberto ao público no dia 24 de abril de 2021, no âmbito da Comemoração do 25 de Abril, resultando da requalificação urbanística do Edifício Souto D’El Rei, imóvel datado do século XVII.  

 

Localizado na Rua da Independência, o equipamento vem reforçar a oferta cultural e turística do Município de Monção.

 

Segundo António Barbosa, Presidente da Câmara Municipal de Monção, “com o Museu Monção & Memórias, recuperamos o passado, valorizamos o presente, e ganhamos o futuro”.

 

Com dois pisos, este espaço museológico retrata a história da gente e do território, albergando o viver e o sentir do povo monçanense, ao longo dos séculos.

 

Disponibiliza meios interativos, maquetes, fotografias e vídeos e dá relevância a “Monção no Feminino”, uma área onde se destaca o papel da mulher na criação e desenvolvimento do nosso município.

 

No espaço exterior, pode-se apreciar uma obra de arte da autoria de Bordalo II, a mítica Coca, dragão do imaginário monçanense, feita a partir de objetos deitados ao lixo.

 

 

[Fotografias: Município Monção/DR]

Últimas