PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

3

0

Monção

Monção: Burlão tentou enganar… mas teve azar (e ainda danificou canteiro com flores)

20 Abril, 2024 - 10:40

4109

0

“Disse que não tinha identificação e que não percebia porque estávamos a desconfiar”.

Aconteceu ao início da manhã deste sábado na freguesia de Ceivães, em Monção.

 

Um indivíduo “com cerca de 50 anos” de idade estacionou o carro numa propriedade daquela freguesia.

 

“Era um Audi preto. Não sei precisar o modelo. Disse que trabalhava na APPCDM da Areosa e que tinha feito uma exposição de trabalhos manuais feitos pelos meninos daquela instituição na Santa Casa da Misericórdia de Monção com a colaboração do Padre Américo, antigo provedor”, contou a vítima à Rádio Vale do Minho.

 

“Estava a vender os trabalhos e que o valor angariado seria para comprar cadeiras de rodas”.

 

Só que a vítima desconfiou.

 

“Pedi-lhe para mostrar-me os trabalhos e alguma identificação ou algum comprovativo da APPACDM. Como é evidente, não iria comprar nada que não estivesse à vista”, prosseguiu.

 

Foi então que o indivíduo mudou completamente a postura.

 

“Ficou alterado. Disse que não tinha identificação e que não percebia porque estávamos a desconfiar. Entrou no carro e saiu disparado. Pelo caminho até danificou um canteiro de flores que aqui tenho”, descreveu.

 

A vítima ainda teve tempo de anotar a matrícula.

 

“É um homem bem falante. Veste-se bem. E é português de certeza”, acrescentou.

 

Sabe a Rádio Vale do Minho que foi já apresentada queixa na GNR. A matrícula do carro apresenta-se no seguinte formato: ** – EC – **

 

A vítima apela à população que, em caso de qualquer suspeita, contactem imediatamente a GNR Monção 251 652 321.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas