PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Minho

Minho: Professor de Moral acusado de 87 crimes de abuso sexual a 15 alunas

30 Setembro, 2023 - 11:24

1254

1

Crimes terão sido cometidos durante ensaios.

Começa a ser julgado no próximo dia 21 de novembro, no Tribunal de Guimarães, um professor de Educação Moral e Religiosa Católica, na Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Vila Nova de Famalicão.

 

Segundo o Correio da Manhã, o homem, com 54 anos de idade, está acusado de 87 crimes de abuso sexual a 15 alunas.

As vítimas, com idades entre os 15 e os 17 anos, foram abusadas durante as aulas de Moral e nos ensaios do grupo de Teatro que o docente criou na mesma escola.

 

Conforme noticiou na altura a Rádio Vale do Minho, os crimes terão sido cometidos essencialmente durante os ensaios da companhia de teatro “O Andaime”, que o arguido criou naquela escola e de que era encenador.

O MP diz que o arguido se valeu “do seu ascendente enquanto professor” e se aproveitou da “ingenuidade, imaturidade e falta e experiência sexual das suas alunas” para consumar os abusos.

 

O professor chegou a recorrer da acusação do Ministério Público, alegando que estava a ser vítima de uma “cabala”, mas o Tribunal de Instrução confirmou todos os factos da acusação.

 

 

 

[Fotografia: DR]

Últimas