PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: Este foi o momento que enviou a Festa do Alvarinho para a História

2 Maio, 2023 - 21:02

2886

0

Festa do Alvarinho e do Fumeiro.

Aconteceu no domingo… à tarde. Voltamos a repetir: à tarde.

 

Num tipo de certames em que, ao longo de décadas, os domingos à tarde têm sido vividos em fase descendente, a edição deste ano da Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço fez… o que fez.

 

A fotografia, captada a partir do palco pela equipa do cantor Zé Amaro, ilustra claramente o ambiente que se viveu na Festa do Alvarinho no domingo… à tarde.

 

“A tarde de domingo costuma ser mais tranquila. Embora nas últimas edições tenha tido já mais gente. No entanto, nunca tinha sido registada uma enchente daquela dimensão em que quase repetimos a noite de sábado”, disse à Rádio Vale do Minho o Presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista, visivelmente orgulhoso.

 

A edição deste ano do certame registou uma afluência recorde “superior a 60 mil visitantes”, segundo dados divulgados pelo Município.

 

Começou morna. Galopou. Na segunda noite, o certame agigantou-se como nunca.

 

 

“Foi um momento glorioso para a sub-região Monção&Melgaço. Um momento extraordinário para Melgaço! Aquilo que aconteceu foi uma enchente louca nestes três dias”, concluiu Batista.

 

A Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço, surgida em 1995, é considerada atualmente um dos maiores eventos vínicos e gastronómicos do Alto Minho/Galiza.

 

São dezenas de produtores de vinho queijo, fumeiro e outros produtos locais que, todos os anos, dão a conhecer o potencial da região num certame que atrai milhares de visitantes de vários pontos do país, mas também da vizinha Galiza e ainda melgacenses emigrantes.

 

 

[Fotografia: Zé Amaro]

Últimas