PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

2

1

Melgaço

Melgaço: Histórico! – Foi a “maior enchente de sempre” na Festa do Alvarinho [VÍDEOS e FOTOS]

30 Abril, 2023 - 03:06

6410

0

Festa do Alvarinho e do Fumeiro.

A Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço registou este sábado (e madrugada de domingo) “a maior enchente de sempre”, segundo o Presidente da Câmara, Manoel Batista.

 

Milhares de visitantes ao evento deixaram a tenda à pinha.

 

Uma tenda que, este ano, apresentou-se com mais espaço. Todo ele esgotou, sobretudo durante a atuação de Paulo Baixinho e Banda.

 

O artista, com muita mestria e irrepreensível nas covers, levou a multidão ao rubro. O povo cantou, dançou e vibrou ao som de cada música cujas letras quase todos sabiam de cor.

 

A festa, essa, deu o salto. À 29ª edição, a Festa do Alvarinho alcançou um nível onde nunca tinha estado.

 

 

 

Festa do Alvarinho tem hoje “uma expressão absolutamente extraordinária”

Fomos encontrar o Presidente da Câmara lá ao fundo. Na extremidade da tenda oposta ao palco.

 

Manoel Batista não disfarçava a enorme alegria perante toda aquela imensidão de gente que preenchia o olhar até ao palco.

 

“Com todo este trabalho feito há 29 anos, a Festa do Alvarinho assume-se como a maior festa vínica do território e como a expressão máxima daquilo que é apresentar Monção&Melgaço”, começou por dizer o autarca à Rádio Vale do Minho.

 

Esta edição, conforme tem vindo a ser referido, está a ficar marcada por uma mudança no layout do evento. Mais espaço na tenda e uma segunda tenda para restaurantes.

 

No entanto, o edil melgacense sublinha que nem tudo resulta desta mudança.

 

“Não foi só layout deste ano que trouxe toda esta gente! Foi o trabalho feito ao longo de muitos anos por muita gente… por muitos executivos municipais e que hoje tem esta expressão absolutamente extraordinária”, apontou.

 

 

 

“Melgaço tem hoje uma projeção turística como nenhum outro”

Entretanto, lá dentro, Paulo Baixinho continuava a encantar a multidão. Quase sem pausas, o artista mostrava ainda uma impressionante capacidade de interação com o público.

 

“Sinto um enorme orgulho no trabalho feito na defesa do território. Fui o autarca que mais defendeu o território Monção&Melgaço, desde 2014 até hoje”, frisou Batista.

 

“Hoje o território está forte! Está pujante devido a um trabalho consistente, permanente que trouxe e tem trazido toda esta gente a Melgaço”.

 

Questionado sobre se este momento histórico significa mais responsabilidade, Batista teve resposta pronta.

 

“A responsabilidade passa apenas por fazer o trabalho bem feito. Isto é a alegria de um território como Melgaço que, neste momento, tem uma projeção do ponto de vista turístico como nenhum outro o consegue fazer”, considerou.

 

 

 

“É o reconhecimento do trabalho feito”

Eleito em 2013, Manoel Batista está há quase 10 anos à frente da Câmara de Melgaço.

 

“É o reconhecimento do trabalho feito”, prosseguiu Batista em tom pragmático.

 

“Estou aqui para trabalhar em sentido de missão permanente pelo território. É isso que faço e é isso que temos feito ao longo destes anos e é isso que continuaremos a fazer depois deste evento fabuloso”, assegurou.

 

A madrugada prosseguiu com mais animação. Desta vez com o DJ Pedro Simões.

 

 

Veja os vídeos:

 

Milhares cantam “A Minha Casinha”

 

 

 

Milhares cantam “Verde Vinho”

 

 

 

 

Veja as fotos [Rádio Vale do Minho]

 

 

 

Este domingo há concerto de Zé Amaro

A Festa do Alvarinho entra este domingo no último dia do certame. Para as 15h30 está marcado o também muito aguardado concerto de Zé Amaro.

 

Natural de Guimarães, Zé Amaro conta com vários álbuns de sucesso lançados, o primeiro em abril de 2007, intitulado “O Coração da Gente Chora”, onde se pode encontrar grandes sucessos de rádio tais como “Agarradinho”, “Mentira Dela” e “O Coração da Gente Chora” e o mais recente disco de estúdio foi editado em 2019, “Homem de sonhos”, composto por 10 novas canções. Em 2021, lançou um disco ao vivo no Super Bock Arena.

 

Inovou a música portuguesa ao transportar os ritmos country para os temas que interpreta.

 

Pioneiro num género que o caracteriza, implementou toda uma nova cultura musical, resultante de um grande trabalho e dedicação plenas, conquistando um público crescente e entusiasta. Uma referência num estilo muito próprio.

 

A Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço, surgida em 1995, é considerada atualmente um dos maiores eventos vínicos e gastronómicos do Alto Minho/Galiza.

 

São dezenas de produtores de vinho queijo, fumeiro e outros produtos locais que, todos os anos, dão a conhecer o potencial da região num certame que atrai milhares de visitantes de vários pontos do país, mas também da vizinha Galiza e ainda melgacenses emigrantes.

 

 

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas