PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

1

1

Mundo

Guerra: Mulher que invadiu noticiário condenada pelo Tribunal a pagar multa – Saiba quanto

15 Março, 2022 - 18:13

1180

0

Jornalista empunhou um cartaz contra a guerra na Ucrânia durante um noticiário do canal russo.

Marina Ovsyannikova, a jornalista que empunhou um cartaz contra a guerra na Ucrânia durante um noticiário do canal russo Piervy Kanal , foi detida e dada como desaparecida durante 12 horas.

 

No entanto, avança a polaca Nexta TV, já foi presente a tribunal e foi condenada ao pagamento de uma multa no valor de 30.000 rublos… o equivalente a 255 euros.

 

À saída do tribunal, em declarações aos jornalistas, Marina Ovsyannikova agradeceu o apoio que teve em todo o planeta.

 

 

Marina Ovsyannikova foi acusada de “organizar um evento público não autorizado”, uma acusação que poderia resultar em 10 anos de prisão.

 

 

 

 

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que já causou pelo menos 564 mortos e mais de 982 feridos entre a população civil e provocou a fuga de cerca de 4,5 milhões de pessoas, entre as quais 2,5 milhões para os países vizinhos, segundo os mais recentes dados da ONU.

 

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

 

 

[Fotografia: Nexta TV]

Últimas