PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Vila Nova de Cerveira

Cerveira: Técnicos estão a realizar “um trabalho intenso e rigoroso”, garante Rui Teixeira

4 Janeiro, 2023 - 18:31

519

0

Temporal.

Após a intervenção imediata no terreno acionada pela Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, concretizada pela mobilização de uma vasta equipa de técnicos municipais, de bombeiros voluntários e de sapadores florestais, aquele Município encontra-se, neste momento, a finalizar o levantamento total das ocorrências registadas, no dia 1 de janeiro, devido à intempérie que fustigou o Alto Minho.

 

O relatório foi solicitado pela Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, durante a visita ao concelho, realizada na segunda-feira, na presença do Presidente da Câmara, Rui Teixeira.

 

Um pouco por todo o concelho de Vila Nova de Cerveira foram reportadas situações de estragos causados pelo mau tempo, com quedas de taludes em algumas estradas e afetadas outras infraestruturas municipais, além de várias inundações em casas, garagens e no Lar de Idosos Maria Luísa da Santa Casa da Misericórdia.

 

A maioria das ocorrências mais graves centrou-se em três das freguesias mais ribeirinhas do concelho de Vila Nova de Cerveira – União de Freguesias de Cerveira e Lovelhe, Loivo e Gondarém -, em vias municipais e propriedades particulares próximas de linhas de água que galgaram devido à queda abundante de pluviosidade registada no primeiro dia do ano, sobretudo, na região do Alto Minho.

 

Os primeiros trabalhos de limpeza decorreram logo na manhã de domingo, de forma a garantir a desobstrução da via pública e de acessos a habitações, sendo agora o momento de avaliação dos prejuízos que serão reportados ao Governo, através de uma atuação concertada no âmbito da Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho.

 

Durante a visita a Vila Nova de Cerveira, a Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, apelou ao levantamento “urgente” e “rigoroso” dos estragos causados pelo mau tempo para o Governo determinar “as medidas que pode implementar, juntamente com as autarquias, para fazer face a estes prejuízos que são enormes”.

 

A governante lembrou a existência do Fundo de Emergência Municipal que serve para apoiar a reparação de equipamentos e infraestruturas municipais, além do diploma aprovado pelo Governo no final do ano “para apoiar comércio, indústria, atividade económica que tenha sofrido com estas ocorrências extremas”.

 

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, Rui Teixeira, manifestou-se solidário com os munícipes afetados pelo mau tempo, reforçando “o trabalho intenso e rigoroso que está a ser efetuado pelos técnicos da autarquia para compilar todas as ocorrências e respetivos prejuízos, na expetativa de que, com a maior celeridade possível, sejam remetidos para o Governo, aguardando-se uma resposta financeira em consonância com as reais necessidades”.

 

De sublinhar que a Ministra Ana Abrunhosa realizou esta visita aos três concelhos do Alto Minho mais afetados – Vila Nova de Cerveira, Valença e Caminha – acompanhada pelo vice-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), Beraldino Pinto, e pela diretora Regional de Cultura do Norte, Laura Castro, além das autoridades locais e distritais.

 

 

[Fotografia: Município VN Cerveira]

Últimas