PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

1

Vila Nova de Cerveira

Cerveira ‘aquece motores’ para o Rali – Saiba TUDO sobre a prova

15 Dezembro, 2021 - 19:50

1159

0

Prova regressa após quatro anos de interrupção.

Vila Nova de Cerveira está em contagem de decrescente. Após quatro anos de interrupção, o Rali de Cerveira regressa já no próximo domingo. No total, são 54 equipas que vão participar na prova (entre portuguesas e espanholas). Será a última do Campeonato Norte de Ralis.

 

Os pilotos vão percorrer os troços Gondarém – Vilar de Mouros – Covas e Mentrestido – Gondar – Covas.  A logística do evento, em especial ao nível de segurança, obriga ao corte/condicionamento de várias estradas do concelho.

 

Comparativamente a última edição, em 2016, e de acordo com dados da organização, o número de equipas “duplicou”. Um número que, para a autarquia presidida por Rui Teixeira, demonstra “o quanto esta grande prova de automobilismo era desejada, fruto de uma célere parceria entre a CAMI Motorsport e o Município de Vila Nova de Cerveira”.

 

“É com muito orgulho que, cumprindo o compromisso eleitoral, retomamos esta tradição do automobilismo motorizado que se tinha perdido nos últimos anos no nosso concelho. Temos, quer ao nível de estruturas quer das caraterísticas das classificativas, excelentes condições para acolher esta prova tão emblemática, conferindo-lhe qualidade e prestígio”, refere Rui Teixeira.

 

“Não fazia sentido não a promover no nosso território.  O seu regresso será, certamente, um marco para voltarmos a ter uma Cerveira Viva e o início de muitas provas futuras que esperamos ter o privilégio de acolher”, salientou ainda o autarca socialista.

 

Entre os participantes, o destaque vai para a participação do pluricampeão Fernando Peres, um dos maiores e mais consagrados pilotos de todos os tempos dos ralis em Portugal.

 

 

A que horas começa?

A marcar o encerramento da temporada, o Rali de Cerveira arranca às 10h30 e conta com seis provas, três na emblemática classificativa Gondarém – Vilar de Mouros – Covas ao longo de 12.99kms (PE1: 10h31; PE3: 12h46; PE5: 15h01) e outras três em Mentrestido – Gondar – Covas, 8kms (PE2: 11h06; PE4: 13h21; PE6: 15:36). A consagração dos vencedores e entrega de respetivos prémios está prevista para as 16h30 na Central de Camionagem de Cerveira.

 

De forma a manter a segurança da prova, a organização elaborou um guia do Rali de Cerveira que pode ser consultado AQUINeste guia estão sinalizadas quatro zonas de espetáculo para que o público possa desfrutar deste espetáculo de automobilismo em total segurança.

 

 

Onde vai estar cortado/condicionado o trânsito?

A logística do evento, em especial ao nível de segurança, obriga ao corte/condicionamento de várias estradas do concelho.

Assim, no domingo, entre as 9h00 e as 17h00, estarão cortadas as seguintes estradas:

 

  • Estrada Florestal Calvário (Gondarém)/Central de France
  • EM 517 Sopo/France/Vilar de Mouros
  • EN 301 Vilar de Mouros/Covas
  • Mentrestido e Gondar (Rua Sra. Ajuda, Largo da Cheira, Rua de Pombeiras)
  • EM 1030 Gondar/Sobreiro (Antiga EN 302)
  • Antiga EN 302 Gondar/Covas

 

Apesar de não sofrer corte de trânsito, devido à passagem de ligação dos concorrentes do rali, as seguintes estradas vão ter algum condicionamento:

 

  • EN 301 Covas/São Martinho de Coura/Mentrestido
  • EM 516 Covas/Vila Nova de Cerveira.

 

Perante estas restrições, é previsível o registo de um maior fluxo de trânsito noutras estradas complementares, solicitando-se um redobrar de atenção por parte dos utilizadores. Todos os cortes e direções estarão devidamente sinalizados pela GNR e entidades autorizadas pela organização da prova.

 

 

[Fotografia: Município VN Cerveira]

Últimas