PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Caminha

Caminha: Esta estrutura de betão tem os dias contados

23 Abril, 2022 - 11:13

810

0

Demolição começa em maio.

Na primeira semana do mês de maio, o Município de Caminha vai iniciar os trabalhos de demolição da estrutura de betão que ocupa a zona central do parque de estacionamento principal da praia de Moledo.

 

A empreitada implica um investimento de 74 mil euros + IVA e tem a duração estimada de um mês.

 

Ao longo dos últimos anos tornou-se evidente a deterioração da estrutura na zona das colunatas com descascamento de betão com consequências para o ferro, a que acrescem sinais de soltura de parte dos tirantes de aço que sustentam a pala.

 

Face ao risco para os transeuntes e para os automóveis ou motociclos normalmente estacionados no local, a obra de demolição tornou-se inevitável.

 

As denúncias sobre anomalias na estrutura que particulares e a própria Junta da União de Freguesias de Moledo e Cristelo fizeram chegar ao Município foram decisivas para a elaboração de um estudo técnico que concluiu pela “necessidade imperiosa da demolição”, decisão consolidada com os custos muito elevados que a sua reabilitação sempre teria.

 

Os atos preparatórios tiveram início há alguns dias atrás com a remoção da cabine telefónica que estava no local e nos próximos dias seguir-se-ão trabalhos de escoramento de grande parte da pala, que se encontra suspensa por tirantes em toda a sua extensão, avançando-se, posteriormente, para a demolição por seções de modo a evitar danos de vulto no pavimento existente na envolvente.

 

A expetativa do Município aponta para que, no início do mês de junho, a estrutura esteja totalmente removida e consolidada a zona central do estacionamento da praia com passeios em condições e caldeiras para a colocação de plantas.

 

 

[Fotografia: Município Caminha]

Últimas