PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

2

1

Caminha

Caminha: Aproveitava-se da confiança dos donos e roubava a casa

11 Janeiro, 2024 - 14:37

7800

0

GNR conseguiu recuperar vários artigos. Outros foram derretidos.

A GNR constituiu arguida uma mulher de 57 anos por furto em residência, no concelho de Caminha.

 

Em nota divulgada, aquela autoridade anuncou ter recuperado vários “artigos em ouro”.

 

“A  investigação por furto de artigos em ouro numa residência, iniciou-se na sequência de uma denuncia referente a situações que terão ocorrido em diversas ocasiões entre junho e dezembro de 2023″, relata a GNR.

 

Os militares efetuaram diligências policiais que permitiram apurar a identidade da suspeita e realizaram duas buscas, uma domiciliária e outra em veículo.

 

“A suspeita [empregada], aproveitando-se da confiança que lhe era atribuída [pelos patrões], acedia a compartimentos da residência e ao longo dos meses subtraiu diversas peças em ouro, relógios e moedas de coleção valiosas que posteriormente vendia”, refere.

 

Para além de peças em ouro, a GNR recuperou ainda relógios e moedas de coleção valiosas, “tendo as restantes sido vendidas e, entretanto, derretidas, nos últimos meses em cinco estabelecimentos de compra e venda de ouro usado, no distrito de Viana do Castelo”.

 

 

 

[Fotografia: GNR/Divulgação]

 

 

A suspeita foi constituída arguida e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Caminha.

 

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Tópicos:

#Caminha#GNR#Roubo

Últimas