PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Batista: “Faz sentido que sejamos reconhecidos e tenhamos uma DO própria nos próximos anos”

1 Julho, 2022 - 19:28

442

0

“É necessário que a região esteja convicta que este é o caminho”.

O presidente da Câmara de Melgaço, Manoel Batista, voltou esta sexta-feira a insistir junto do Governo a necessidade da criação de uma DO (Denominação de Origem) própria para a sub-região de Monção&Melgaço. 

 

Presente na sessão inaugural da Feira do Alvarinho de Monção, o autarca melgacense mostrou visível apoio ao discurso do presidente da Câmara de Monção, António Barbosa, que incidiu sobre esta ambição.

 

“É necessário que a onda aconteça, que a região esteja convicta que este é o caminho, que a ambição passa por aí. Se houver essa união, será uma região vencedora em relação a este objetivo concreto”, disse Manoel Batista.

 

Dois presidentes de Câmara a partilhar um pensamento comum. Aproveitando a presença da Secretária de Estado da Valorização do Interior, Manoel Batista reivindicou, uma vez mais, a urgência deste tema.

 

“Claramente estamos a falar da região dos vinhos verdes com mais dinamismo, maior afirmação, maior diferenciação, que puxa pelo preço dos vinhos verdes e da região. Não há nenhuma outra que tenha, neste momento, valor acrescentado como têm Monção e Melgaço. Portanto, estamos à frente. Faz sentido que sejamos reconhecidos e tenhamos uma DO própria nos próximos anos”, considera.

 

A Feira do Alvarinho de Monção começou esta sexta-feira e vai prolongar-se até ao próximo domingo.

 

 

[Fotografia: Município Melgaço]

Últimas