PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Alto Minho

Alto Minho sob ‘aviso laranja’ na quarta-feira – Capitania de Caminha emite alerta

6 Dezembro, 2021 - 10:15

989

0

Meteorologia.

Aviso laranja em todo o Alto Minho a partir das 3h00 de quarta-feira. O alerta (segundo mais grave numa escala de quatro) vai prolongar-se até à 1h00 de quinta-feira, devido à agitação marítima. 

 

Já no que diz respeito à precipitação, o distrito de Viana do Castelo vai estar sob aviso amarelo (terceiro mais grave numa escala de quatro) a partir desta terça-feira, às 12h00, devido à precipitação. O alerta vai prolongar-se até às 18h00 do dia seguinte.

 

Esta segunda-feira será já de chuva ou aguaceiros no distrito de Viana do Castelo. No entanto, a precipitação deverá ser mais intensa precisamente na terça e na quarta-feira. Poderá ser de neve a partir de quarta-feira, acima de 1100/1200 metros podendo atingir 800/1000 metros nas serras do extremo norte do território continental.

 

O vento aumentará de intensidade podendo soprar com rajadas fortes durante o dia 8, em especial nas terras altas do Norte e Centro e na faixa costeira a norte do Cabo Raso.

 

As temperaturas mínimas vão descer ligeiramente dos 8ºC para os 7ºC. As máximas vão apresentar uma descida mais significativa durante o dia de quarta-feira. De 15ºC deverão descer para 10ºC.

 

A Capitania do Porto de Caminha emitiu esta segunda-feira um alerta para o agravamento das condições meteorológicas a partir desta terça-feira, dia 7 de dezembro.

 

“Desta forma, recomenda-se, em especial à comunidade piscatória e da náutica de recreio, que se encontra no mar, considerar o abrigo no porto mais próximo e a adoção de medidas de precaução, evitando sair para o mar até que as condições sejam mais favoráveis”, apela a Capitania.

 

“À população em geral, que habitualmente frequenta as zonas costeiras, aconselha-se que se abstenham da prática de passeios junto à costa e nas praias, bem como da prática de atividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima, sendo essencial que assumam uma postura preventiva, não se expondo desnecessariamente ao risco”, recomenda a nota enviada.

 

A Capitania do Porto de Caminha aconselha ainda os pescadores lúdicos a assumir “maior cautela, evitando pescar junto a falésias, arribas e zonas rochosas, nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas, tendo sempre presente que em condições extremas o mar poderá alcançar zonas aparentemente seguras”.

 

“Recomenda-se ainda a toda a comunidade evitar praticar atividades relacionadas ou próximas do mar, nomeadamente desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitar o estacionamento de veículos próximo da orla marítima, assim como, manter uma especial atenção às informações da meteorologia e às indicações das autoridades de segurança”, conclui a mesma nota.

 

Recorde-se que nos próximos dias o Alto Minho vai estar sob os efeitos da depressão Barra. São esperados vários dias de chuva e isso, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), deve-se a uma superfície frontal fria associada àquela depressão que vai aproximar-se de Portugal continental a partir da tarde de terça-feira e atravessar todo o território até ao fim da manhã do dia seguinte.  

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas