PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Viana do Castelo

Viana: PJ deteve mulher suspeita de ter ateado sete incêndios florestais

18 Agosto, 2022 - 15:28

285

0

Regista já antecedentes policiais e criminais pela prática de crime de incêndio florestal.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta quarta-feira, fora de flagrante delito, uma mulher de 45 anos de idade, presumível autora de sete incêndios florestais, ocorridos nos meses de julho e agosto de 2021 e 2022, em Portela Susã, no Concelho de Viana do Castelo.

 

O último incêndio registou-se no passado dia 12 de agosto.

 

Segundo a PJ, “os vários locais onde os incêndios ocorreram situam-se numa zona onde existem condições de propagação a manchas florestais de grandes dimensões, gerando enorme risco, potencialmente alimentado pela carga combustível ali existente e pela orografia própria da região”.

 

Refere aquela autoridade que isto traduziu-se num “elevadíssimo perigo concreto para as pessoas, para os seus bens patrimoniais e para o ambiente”.

 

Os incêndios consumiram vegetação herbácea, arbustiva e arbórea, só não atingindo maiores proporções “devido à rápida e eficaz intervenção dos Bombeiros Sapadores e Voluntários de Viana do Castelo e Sapadores Florestais de Carvoeiro”.

 

Os locais da freguesia onde ocorreram os incêndios “são, recorrentemente e há vários anos a esta parte, alvo de ignições com natureza dolosa”, lamenta a PJ.

 

A detida terá recorrido a chama direta para as respetivas ignições, e atuou “motivada por incendiarismo”.

 

Regista já antecedentes policiais e criminais pela prática de crime de incêndio florestal, tendo sido condenada em pena de prisão, cuja execução se encontra suspensa.

 

Vai ser presente à autoridade judiciária competente para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

 

 

[Fotografia: Arquivo/O Vilaverdense]

Últimas