PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Viana do Castelo

“Viana” passa a ser “Viana do Castelo” – Assim mandou D. Maria II há 175 anos

20 Janeiro, 2023 - 00:01

1873

0

Efeméride.

Aconteceu no dia 20 de janeiro de 1848. Orgulhosa do próspero comércio marítimo e do espírito comercial que se vivia na então povoação designada por Viana da Foz do Lima ou simplesmente Viana, a Rainha D. Maria II decidiu elevá-la a cidade. Passou a chamar-se Viana do Castelo.

 

Esta distinção foi também uma recompensa da monarca pela lealdade dos vianenses que não se renderam às forças do conde das Antas. 

 

Recorde-se que a ocupação humana da região de Viana remonta ao Mesolítico, conforme o testemunham inúmeros achados arqueológicos (anteriores à cidadela pré-romana) no Monte de Santa Luzia.

 

No dia 18 de julho de 1258, pelas mãos do rei D. Afonso III, a povoação recebeu a Carta de Foral passando oficialmente a designar-se por Viana da Foz do Lima.

 

 

Comemorações dos 175 anos

Para celebrar a efeméride, o Município de Viana do Castelo realiza esta sexta-feira uma Sessão Solene, pelas 18h00, no Teatro Municipal Sá de Miranda, onde serão entregues os títulos honoríficos de Cidadão de Honra, Cidadão Honorário, Cidadão de Mérito e Instituição de Mérito.

 

Tratam-se de galardões que prestam homenagem às personalidades e às instituições que, nas mais diversas áreas, se destacam pelos notáveis serviços prestados a Viana do Castelo, ao país e ao mundo através do seu trabalho, da sua arte ou da sua dedicação.

 

Confira a lista dos agraciados

 

“CIDADÃO DE HONRA”

José Alves Martins (a título póstumo)
Pelos notáveis serviços de cidadania e voluntariado em prol dos mais vulneráveis, enquanto missionário jesuíta em Timor Leste, principalmente no conturbado período da libertação deste país.

Ernesto Galeão Roma (a título póstumo)
Pelos notáveis serviços prestados à ciência e à medicina, enquanto investigador no campo da diabetologia.

João Manuel Branco Rocha Ferreira
Pelos notáveis serviços prestados à educação e à intervenção social, enquanto professor do ensino superior e fundador do Gabinete de Apoio à Família – GAF e do Banco Alimentar de Viana do Castelo.

José Domingos Alves Cachadinha (a título póstumo)
Pelos notáveis serviços prestados na formação pedagógica, cultural e intelectual de jovens angolanos, enquanto professor e bibliotecário, e pelo forte dever cívico.

 

 

“CIDADÃO HONORÁRIO”

Manuel Rui Azinhais Nabeiro
Pelos notáveis serviços de cidadania prestados ao concelho e ao país, enquanto empresário visionário e mecenas cultural, e pela indelével matriz humanista, solidária e justa.

 

 

“CIDADÃO DE MÉRITO”

Brígida Teresa Costa (a título póstumo)
Pelos relevantes 50 anos ao serviço da saúde, do voluntariado e da comunidade vianense.

Serafim Afonso da Silva Baganha (a título póstumo)
Pelos relevantes serviços prestados à comunidade vianense e pelo altruísmo entregue em causas humanitárias e sociais.

Laureano Alves Pereira
Pelos relevantes serviços prestados à comunidade, à igreja e pela mensagem missionária que levou a diversos países do mundo.

Tiago Filipe Oliveira Fernandes Prieto
Pelos relevantes serviços prestados ao desporto local e nacional, enquanto treinador de surf adaptado.

Maria Manuela Correia Vieira da Silva
Pelos relevantes serviços prestados à ciência e à medicina, enquanto investigadora no campo da saúde mental.

Flávio Jácome da Cruz
Pelos relevantes serviços prestados à sétima arte e à promoção da cultura vianense, enquanto realizador de cinema e televisão.

David de Matos Vaz
Pelos relevantes serviços prestados ao desporto enquanto ciclista, conquistando vários títulos nacionais e internacionais.

Manuel Domingos de Lima Barros
Pelos relevantes serviços prestados ao atletismo, com diversas conquistas nacionais e internacionais, enquanto atleta veterano.

Cândido da Costa Miranda
Pelos relevantes serviços prestados à cultura popular e à valorização do cancioneiro vianense, enquanto cantador repentista de cantares ao desafio.

Óscar Sousa Carvalho Costa
Pelos relevantes serviços prestados à comunidade e ao escutismo, nomeadamente, na formação de jovens.

Francisco Rodrigues Gonçalves
Pelos relevantes serviços de prestados às tradições marítimas da Ribeira de Viana e das artes piscatórias.

Graciano Sousa Fernandes
Pelos relevantes serviços prestados na preservação dos usos e costumes da Ribeira de Viana, das tradições marítimas e das artes piscatórias.

Francisco Enes Franco (a título póstumo)
Pelos relevantes serviços prestados às artes e ofícios, enquanto artesão, serralheiro e escultor.

António Rui Viana Fernandes da Ponte
Pelos relevantes serviços prestados ao associativismo e à comunidade vianense, enquanto dirigente associativo, sindical, desportivo e cultural.

 

 

“INSTITUIÇÕES DE MÉRITO”

Ordem dos Carmelitas Descalços
Pelos relevantes serviços prestados à comunidade vianense, pelos 400 anos da fundação do Convento de Nossa Senhora do Carmo e pela criação do Gabinete de Apoio à Família – GAF em 1974.

Confraria de Nossa Senhora do Rosário
Pelos relevantes serviços prestados à comunidade de Vila Franca na assistência e intervenção social, desde 1622.

Corpo Nacional de Escutas- Agrupamento 374 – S. Miguel de Alvarães
Pelos relevantes serviços prestados à formação de crianças e jovens, desde 1972.

Corpo Nacional de Escutas- Agrupamento 423 – S. Romão de Neiva
Pelos relevantes serviços prestados à formação de crianças e jovens, desde 1972.

Movimento de Caridade Cristã
Pelos relevantes serviços prestados ao apoio às famílias vulneráveis e aos mais carenciados, desde 1972.

Associação Social, Cultural e Desportiva da Casa do Povo de Mazarefes
Pelos relevantes serviços prestados à cultura, ao desporto e à comunidade de Mazarefes, desde 1995.

Clube de Basquete de Viana do Castelo
Pelos relevantes serviços prestados à comunidade vianense no desporto e associativismo, desde 1997.

 

 

“EMPRESAS DE MÉRITO”

Casa Meira’s
Pelo relevante trabalho prestado à preservação do comércio tradicional e à dinamização da economia vianense, desde 1957.

Artur Rego – Artigos de Madeira, Lda
Pelo relevante trabalho na dinamização da economia vianense, desde 1962.

Óptica Cruz
Pelo relevante trabalho prestado à preservação do comércio tradicional e à dinamização da economia vianense, desde 1962.

Santoinho – Arraial Minhoto
Pelo relevante trabalho na promoção turística do concelho, das suas tradições e da cultura popular, desde 1972.

Laboratório de Análises Clínicas Dr. José Manso
Pelo relevante trabalho na dinamização da economia vianense, desde 1982.

Neves & Neves, SA
Pelo relevante trabalho na dinamização da economia vianense, desde 1982.

Restaurante Pizzaria Dolce Vianna
Pelos relevantes serviços prestados à gastronomia vianense, desde 1982.

 

 

[Fotografias: esq: Blog Olhar Viana do Castelo | dir: DR]

Tópicos:

#Efeméride

Últimas