Menu

+

1

0

Valença

Valença quer fazer parte da sub-região do Alvarinho

29 Dezembro, 2023 - 00:03

1108

1

Sub-região de Monção e Melgaço foi criada em 1908.

Valença quer juntar-se à Sub-Região de Monção e Melgaço, onde é produzido o genuíno vinho Alvarinho.

 

Em declarações à Rádio Vale do Minho, o Presidente da Câmara de Valença mostrou vontade firme nesta integração e começou desde logo pelo que acontece por altura das vindimas.

 

“Já manifestei esta vontade aos meus colegas Presidentes de Câmara de Monção e de Melgaço. Valença também produz uvas de muito boa qualidade e muitas dessas uvas vão sobretudo para adegas de Monção e já temos também uvas a seguir para Melgaço”, disse José Manuel Carpinteira.

 

Para o autarca valenciano, esta integração faz também sentido “pelas caraterísticas morfológicas semelhantes” aos outros dois concelhos.

 

A Vice-Presidente da Câmara, Ana Paula Xavier, é também da mesma opinião.

 

Em entrevista ao jornal Alto Minho, a autarca aponta mesmo o Monte do Faro [em Valença] como a grande elevação orográfica que permite a “boa qualidade do solo e de condições climáticas” à sub-região.

 

“Fazia sentido estes produtores estarem integrados na sub região do Alvarinho. Há vinho em Valença e de qualidade. O papel do Município é promover os seus produtos”, destacou.

 

A casta Alvarinho é a mais nobre das castas portuguesas e produz um vinho monocasta de elevada qualidade.

 

A sub-região de Monção e Melgaço foi criada em 1908, integrada na Região do Vinho Verde, mas a casta Alvarinho existe em Portugal há mais de 700 anos.

 

Esta sub-região tem mais de 60 pequenas e microempresas, espalhadas por uma área de 1.500 hectares de Alvarinho.

 

Há 2 mil famílias ligadas à produção do vinho Alvarinho que movimenta anualmente um volume de negócios, entre uva e vinho, superior a 20 milhões de euros.

 

 

 

[Fotografia: Arquivo/revista Joli]

Últimas