PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

2

Monção
Valença

Valença/Monção: Condutor vítima de abalroamento ferroviário “está estável e livre de perigo”

21 Dezembro, 2021 - 13:54

6186

0

Vítor Silva foi vítima de violento acidente ao princípio da tarde desta segunda-feira.

Vítor Silva, presidente da Junta de União de Freguesias de Monção e Troviscoso, é o condutor que esta segunda-feira foi vítima de um violento abalroamento ferroviário na freguesia de S. Pedro da Torre, em Valença.

 

Ao início da tarde, num acidente cujas circunstâncias ainda são desconhecidas, o ligeiro de mercadorias do autarca envolveu-se numa colisão com um comboio que seguia na Linha do Minho.

 

O impacto foi de tal ordem que a carrinha ficou destruída. Foi projetada cerca de 30 metros. No comboio, que fazia a ligação entre Porto e Valença, a dimensão dos danos nem sequer permitiu retomar a marcha.

 

O autarca, com 45 anos de idade, era o único ocupante da viatura. Foi transportado para o Hospital de Viana do Castelo em estado considerado grave. A notícia encheu de preocupação a comunidade, sobretudo em Monção, de onde é natural.

 

Apesar do aparato do acidente, esta terça-feira chegaram boas notícias.

 

“Ele encontra-se estável e completamente livre de perigo. Está internado na ortopedia.Sofreu fraturas na bacia e na mão esquerda. Vai ser sujeito a uma cirurgia a um dedo”, informou fonte familiar à Rádio Vale do Minho. “De resto, apenas algumas escoriações superficiais no rosto”, acrescentou.

 

 

Sempre consciente

Desde o momento em que sofreu o embate até agora, Vítor Silva nunca perdeu a consciência. “Já falou com todos os familiares mais diretos ao telefone, no sentido de deixá-los tranquilos”, contou a mesma fonte à Rádio Vale do Minho.

 

Quanto ao Natal, o autarca terá mesmo de o passar no Hospital. Já no que refere à entrada no novo ano, tudo dependerá da evolução da recuperação.

 

“Estamos a falar de fraturas na bacia, o que tudo indica que esse período não irá ser curto. Mas vamos a ver. Por agora o que interessa é que ele está bem”, prosseguiu, fazendo questão de deixar ainda vários agradecimentos.

 

“No meio deste episódio mais triste, foram todos excecionais. A família enaltece a prontidão dos meios de socorro e o excelente atendimento no Hospital, e deixa ainda um profundo e imenso obrigado a toda a comunidade que se preocupou com o Vítor e nos deixou inúmeras manifestações de carinho. Em breve ele estará de volta. Muito obrigado”, concluiu.

 

A colisão ocorreu numa passagem de nível com sinalização luminosa e sonora. As causas do acidente estão agora a ser investigadas.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas