Menu

0

0

Destaques
Vale do Minho

Vale do Minho: Desemprego sobe em Monção, Valença e Caminha

23 Fevereiro, 2021 - 00:00

3

0

PUB O Vale do Minho começou 2021 com o desemprego a subir em três dos seis concelhos desta região do distrito de Viana do Castelo. De acordo com os dados do […]

PUB

O Vale do Minho começou 2021 com o desemprego a subir em três dos seis concelhos desta região do distrito de Viana do Castelo. De acordo com os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP),  registaram-se ainda descidas em Melgaço e em Vila Nova de Cerveira. 

Em Monção, no mês de janeiro, registaram-se 445 pessoas inscritas nos Centros de Emprego. Mais 10 relativamente ao mês anterior.

Em Valença, um dos concelhos mais afetados pela vaga de desemprego provocada pela pandemia da COVID-19, o número de inscritos voltou a subir, desta vez para os 548 – são mais 40 desempregados relativamente a dezembro.

Caminha também voltou a subir, agora com 395 inscritos – mais quatro relativamente a dezembro. Vila Nova de Cerveira desceu, com 256 inscritos em janeiro – menos 12 em comparação com dezembro.

Paredes de Coura, estabilizou e registou 268 desempregados em janeiro – precisamente o mesmo número em relação a dezembro.

Melhores notícias vêm de Melgaço com nova diminuição nos inscritos nos Centros de Emprego. O concelho registou uma descida para os 123 em janeiro. Menos nove em comparação ao mês anterior.

 

 

Mais de 500 desempregados no espaço de um ano

 

 

No espaço de um mês registaram-se mais 30 inscritos nos Centros de Emprego do Vale do Minho. Uma evolução negativa e que ainda está longe dos números dos seis concelhos verificados há um ano: em janeiro de 2021, somaram-se 2.035 desempregados no Vale do Minho, enquanto que em janeiro de 2020 esse número era de 1.525. Existem atualmente mais 510 inscritos.

 

[Fotografia: Ilustrativa / DR]

 

PUB

Últimas