Menu

+

0

0

Vale do Minho

Sistema de Videovigilância nas escolas: Coura e Cerveira com realidades diferentes

26 Agosto, 2010 - 10:23

211

0

O Governo anunciou que a videovigilância nas escolas vai arrancar em Setembro em 700 estabelecimentos escolares do 2º e 3º ciclos e do ensino secundário.
No Vale do Minho vivem-se realidades diferentes.

O Governo anunciou que a videovigilância nas escolas vai arrancar em Setembro em 700 estabelecimentos escolares do 2º e 3º ciclos e do ensino secundário.
No Vale do Minho vivem-se realidades diferentes.
Embora tenha sido pioneiro na reestesruturação da rede escolar, com a concentração de todos os alunos do ensino básico num centro escolar, o concelho de Paredes de Coura ainda não possui o sistema de videovigilância. A vereadora da educação, Alexandra Marinheiro, explica que as verbas têm que ser canalizadas para outras prioridades como os transportes escolares.

Por Vila Nova de Cerveira, os novos centros escolares e a escola secundária do concelho já têm integrado o sistema de videovigilância.
A vereadora da educação do executivo cerveirence, Sandra Pontedeira frisa a importância destes equioamentos quer para a protecção das crianças, quer para a salvaguarda das próprias estruturas.

É a contagem decrescente para o arranque lectivo 2010/2011, já a 13 de Setembro.
O sistema de videovigilância é uma realidade apenas em estabelecimentos de ensino concebidos de raíz, como o caso dos novos centros escolares.
No entanto, a medida pode ser alargada às restantes escolas, conforme anunciou o Ministério da Educação.
A intenção é a de proteger os equipamentos tecnológicos das escolas e também alunos.

Últimas