PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Alto Minho
Galiza

Rio Minho: Autarcas de um lado e do outro encontraram-se ‘a meio’

28 Outubro, 2021 - 17:29

2606

0

Cerimónia com representantes de Caminha, Melgaço, Monção, Valença, Vila Nova de Cerveira.

Cinco autarcas do lado de cá do rio Minho e oito do lado de lá encontraram-se esta quinta-feira, a meio deste curso internacional de água, para assinar o auto de reconhecimento de fronteira.

 

A assinatura anual destes documentos, prevista nos termos do artigo XXV do Tratado de Limites entre Portugal e Espanha, assinado a 29 de setembro de 1864 e nos termos do artigo VIII do seu anexo I, assinado a 4 de novembro de 1866, tem por objetivo ratificar o reconhecimento efetuado de alguns pontos da fronteira, pelos respetivos delegados municipais, com o apoio das Autarquias situadas nas margens do troço internacional do rio Minho.

 

Com esta iniciativa pretende-se partilhar e fomentar o intercâmbio de ideias e iniciativas entre os vários intervenientes, com o objetivo de preservar, impulsionar e valorizar este Troço Internacional. Este evento contou com o apoio da Marinha Portuguesa, da Autoridade Marítima Nacional e da Armada Espanhola.

 

Assim, participam na cerimónia os representantes dos municípios portugueses de Caminha, Melgaço, Monção, Valença, Vila Nova de Cerveira, e dos vizinhos concelhos galegos de A Guarda; Arbo; As Neves; Crecente; O Rosal; Salvaterra do Miño; Tomiño e Tui.

 

 

[Fotografia: Município Valença]

Últimas