PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Galiza

Portagens: Sistema para compatibilizar cobrança eletrónica em Portugal e Espanha já está concluído

16 Julho, 2012 - 08:23

63

0

O presidente do Eixo Atlântico revelou, sábado, que a solução técnica para compatibilizar cobrança eletrónica de portagens de Portugal e Espanha já foi concluída e até ao mês de setembro a articulação dos dois sistemas deverá entrar em vigor.

O presidente do Eixo Atlântico revelou, sábado, que a solução técnica para compatibilizar cobrança eletrónica de portagens de Portugal e Espanha já foi concluída e até ao mês de setembro a articulação dos dois sistemas deverá entrar em vigor.

José Maria Costa disse ter recebido tal garantia da ministra do Fomento de Espanha, numa reunião realizada em Pontevedra, Galiza.

“Informou-nos que as questões técnicas entre os dois sistemas já estão resolvidas e só falta concluir a articulação comercial do processo”, explicou o autarca português, no final do encontro com Ana Pastor, em que foram debatidos problemas de mobilidade entre o Norte de Portugal e a Galiza.

A interoperabilidade entre os dois sistemas foi testada internamente pela Via Verde e pela sua homóloga espanhola, a Via T.

“O que falta agora é a parte bancária deste processo. A senhora ministra admitiu que até setembro tudo esteja concluído, de forma a facilitar o movimento entre os dois países”, apontou José Maria Costa.

O Eixo Atlântico garante tratar-se do primeiro plano de interoperabilidade de sistemas de cobrança eletrónica que se faz em toda a Europa.

Segundo a declaração final da XXV Cimeira Luso-Espanhola, que se realizou em maio, no Porto, o Norte de Portugal e a região espanhola da Galiza terão, a partir de julho, um projeto-piloto para facilitar a “interoperabilidade da coleção eletrónica de portagens”.

A declaração acrescenta que esse programa será alargado ao resto do território no terceiro trimestre de 2013.

A compatibilidade entre os dois sistemas é uma das medidas previstas para atenuar as dificuldades dos condutores espanhóis no acesso às antigas SCUT (vias sem custos para o utilizador), que funcionam apenas com cobrança eletrónica de portagens.

Últimas