PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Caminha

Pescadores do Rio Minho enviam estudo ao INAG a pedir intervenção na barra

16 Abril, 2010 - 17:13

100

0

Pescadores do Rio Minho dizem que obrigação dos coletes salva-vidas "não vai ajudar nem evitar acidentes". Estevão Silva está a preparar um estudo para entregar ao INAG, pedindo intervenção imediata nas barras de Caminha e Âncora.

O presidente da Associação de Pescadores do Rio Minho frisa que "o uso dos coletes não dá jeito para trabalhar, no entanto se for preciso usa-se , mas têm que dar as melhores condições".
Recorde-se que o Governo anunciou que vai impor a utilização obrigatória de coletes salva-vidas insufláveis aos tripulantes das embarcações de pesca local, estando a ultimar legislação nesse sentido.
Estevão Silva adianta que esta medida "não vem resolver acidentes. O problema aqui é a barra que necessita de uma intervenção". Para isso, este pescador já está a ultimar um estudo a ser enviado ao INAG, onde apresenta todos os argumentos para que se faça "o mais rápido possível uma intervenção nas barras de Caminha e de Vila Praia de Âncora, e não é nehuma fortuna que gastam".

Últimas