PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

País

País: Saldos podem começar a partir de segunda-feira (mas há limites de lotação nas lojas)

6 Janeiro, 2022 - 18:52

308

0

Anunciou o Primeiro-Ministro.

A partir de segunda-feira, dia 10 de janeiro, já se pode ir aos saldos. O período habitual, a seguir ao Natal, foi adiado por causa da pandemia de COVID-19, mas tem agora luz verde do Governo, ainda que com condições.

 

A partir de dia 10, os estabelecimentos comerciais passam a ter como limite de lotação uma pessoa por cinco metros quadrados.

 

“Nos estabelecimentos comerciais, vão acabar as proteções de saldos e promoções, mas vai manter-se uma limitação de uma pessoa por cada cinco metros quadrados, que era uma limitação que já existia no passado”, anunciou o primeiro-ministro no final do Conselho de Ministros, nesta quinta-feira.

 

 

Assim entram em vigor a partir de 10 de janeiro as seguintes medidas:

Isolamento: 

  • Isolamento só de casos positivos e coabitantes;
  • Pessoas com dose de reforço não precisam de ficar em isolamento.

Testagem: 

  • Isenção de testagem para quem levou dose de reforço há mais de 14 dias para acesso a atividades em que seria necessário apresentar teste negativo;
  • Para quem não tem dose de reforço, é necessário apresentar teste: na visita a lares ou estabelecimentos de saúde, grandes eventos ou eventos sem lugares marcados ou em recintos improvisados e recintos desportivos (salvo decisão da DGS).

Escolas: 

  • Recomeço das aulas a 10 de janeiro, sem isolamento de turmas em presença de caso positivo, e com testagem nas próximas duas semanas.

Teletrabalho: 

  • Obrigatório até 14 de janeiro;
  • Teletrabalho recomendado a partir dessa data.

Estabelecimentos comerciais: 

  • Lotação de uma pessoa por 5 m2;
  • Termina proibição de saldos e promoções.

Bares e discotecas: 

  • Atividade pode recomeçar a partir de dia 14;
  • É necessário teste negativo para acesso;
  • Proibição de consumo de bebidas alcoólicas na via pública.

Fronteiras: 

  • É obrigatório um teste negativo para entrar no país por via aérea;
  • Mantém-se as sanções para os passageiros e para as companhias aéreas que não cumpram a norma.

Certificado digital: 

  • Necessário para acesso a restaurantes, estabelecimentos turísticos, alojamento local, espetáculos culturais, eventos com lugares marcados e ginásios.

 

[Fotografia: DR]

Últimas