PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

País: Há 11 Quintas onde vale a pena “passear de copo na mão” – Uma é do Alto Minho

22 Julho, 2022 - 10:31

502

0

Enoturismo.

O ranking é da revista Visão. Provas, passeios na vinha, almoços à sombra de árvores centenárias e até um spa ao ar livre. Do Minho ao Algarve, esta revista elegeu 11 quintas e herdades onde se brinda com vinho bem fresco e programas feitos à medida dos dias longos.

 

Do Alto Minho, a Quinta de Soalheiro, em Melgaço, é a única a figurar nesta lista bem restrita.

 

“Quatro décadas depois de ter lançado a primeira marca de Alvarinho, a Soalheiro celebra o território com provas exclusivas, um lugar renovado e um refúgio a fazer valer a viagem até ao ponto mais a Norte do País”, lê-se.

 

“No terraço, em cima da adega, com vista panorâmica sobre as vinhas e o rio Minho, mergulha-se na história do Alvarinho e desta família de muitas famílias. Pela primeira vez, numa só prova, juntam-se duas colheitas antigas, os quatro vinhos da Edição Especial Soalheiro 40 anos, o Soalheiro Clássico 2021 e outras cinco referências à escolha, dentro das atuais colheitas. Neste programa está contemplada uma visita à vinha, ao campo das infusões e à adega e cave de inovação”, refere a Visão.

 

A Quinta de Soalheiro aparece nesta lista ao lado de outras prestigiadas quintas e herdades como a Herdade Paço do Morgado de Oliveira, em Évora; a Quinta de Chocapalha, em Alenquer; a Adega Mayor, em Campo Maior; entre outras.

 

 

[Fotografia: Kristel Balcaen]

Últimas