PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

País

País: Estes são os 10 alimentos essenciais cujo preço mais subiu

5 Junho, 2022 - 17:20

250

0

Análise Deco Proteste.

Entre 25 de maio e 1 de junho, os 10 produtos com maiores subidas de preço foram os douradinhos de peixe (mais 11%), os medalhões de pescada (10%), o carapau (mais 9%), os flocos de cereais (9%), a farinha para bolos (9%), o arroz carolino (8%), as ervilhas ultracongeladas (6%), os cereais integrais (6%), a batata (6%) e a couve-flor (5%).

 

A análise, feita pela Deco Proteste, foi divulgada pela Multinews e aponta a guerra na Ucrânia como principal impulsionador desta subida constante nos preços dos alimentos.

 

A associação de defesa do consumidor tem monitorizado todas as semanas  os preços de um cabaz de 63 produtos alimentares essenciais que inclui bens como peru, frango, pescada, carapau, cebola, batata, cenoura, banana, maçã, laranja, arroz, esparguete, açúcar, fiambre, leite, queijo e manteiga.

 

Já desde 23 de fevereiro, em que a Deco iniciou a análise, um dia antes da invasão da Ucrânia pela Rússia, o preço do mesmo cabaz já aumentou 12,18%, ou seja, 22,35 euros.

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas