PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

País

País: Este foi o bem alimentar essencial que mais subiu de preço à entrada de 2023

8 Janeiro, 2023 - 11:12

348

0

Dados da DECO.

Os douradinhos de peixe foi o bem alimentar essencial que mais subiu de preço entre 28 de dezembro e 4 de janeiro – 16%.

 

Os dados são da Associação para a Defesa do Consumidor (DECO), citada pelo Multinews, que tem monitorizado todas as semanas os preços de um cabaz de 63 produtos alimentares essenciais que inclui bens como peru, frango, pescada, carapau, cebola, batata, cenoura, banana, maçã, laranja, arroz, esparguete, açúcar, fiambre, leite, queijo e manteiga.

 

Entre os outros produtos que mais subiram à entrada de 2023, refere a DECO, foram o iogurte líquido (mais 13%), o arroz carolino (10%), os brócolos (9%), o grão cozido (9%), a couve-flor (8%), o arroz agulha (7%), o café torrado moído (7%), a costeleta de porco (7%), e as salsichas tipo Frankfurt (7%).

 

Já entre 23 de fevereiro de 2022 e 4 de janeiro de 2023 os produtos alimentares que mais aumentaram de custo na carteira dos portugueses foram o arroz carolino (81%), a alface frisada (51%), a cenoura e o leite UHT meio-gordo (47%), a bolacha maria  e a vouve-coração (38%), os douradinhos de peixe (38%) e o iogurte líquido (37%).

 

 

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/DR]

Últimas