PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

0

0

Destaques
País

País: Confinamento deveria estender-se até 22 de março, defende matemático do IST

2 Fevereiro, 2021 - 14:04

36

0

PUB Numa altura em que Portugal poderá ter já ultrapassado o pico de contágios da terceira vaga, um matématico e professor do Instituto Superior Técnico aponta o dia 22 de […]

PUB

Numa altura em que Portugal poderá ter já ultrapassado o pico de contágios da terceira vaga, um matématico e professor do Instituto Superior Técnico aponta o dia 22 de março como a melhor data para o final do confinamento, de acordo com notícia avançada pela SIC Notícias.

Henrique Oliveira já vinha defendendo que se o confinamento durar dois meses, a normalidade poderá regressar já em maio. 

O Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa prevê que a pressão nos hospitais comece a aliviar só no mês de março.

Para o matemático Henrique Oliveira, Portugal devia manter-se em confinamento até 22 de março e só nessa altura avaliar se há condições para reabrir o comércio, transportes e sobretudo escolas.

Um confinamento de 15 dias poderá resultar, no final de março, num total de 25 mil mortes. Além disso o Serviço Nacional de Saúde vai estar pressionado em 180 dias. Quer isto dizer que durante seis meses mais de 750 pessoas vão estar a ocupar camas nos cuidados intensivos.

Se aumentar para um mês, o número de mortes baixa ligeiramente, mas a pressão nos hospitais mantém-se.

Grandes diferenças só se iriam notar se o confinamento fosse prolongado para pelo menos um mês e meio e se a aposta fosse feita na vacinação dos idosos, no uso de máscaras de qualidade e nos testes rápidos.

O IST  é a maior escola portuguesa de Engenharia, Arquitectura, Ciência e Tecnologia, sendo considerada uma das mais reputadas instituições de Engenharia da Europa.

 

[Fotografia: Arquivo / Rádio Vale do Minho]

 

PUB

Últimas