Menu

+

0

0

País

País: Ano ainda não acabou e já morreram na estrada mais cinco pessoas que em 2022

12 Dezembro, 2023 - 19:36

401

0

Sinistralidade.

Mais de 123.000 acidentes rodoviários ocorreram nas estradas portuguesas este ano, provocando 442 mortos e 2.279 feridos graves, num aumento de todos os indicadores de sinistralidade em relação ao mesmo período de 2022, segundo dados hoje divulgados.

 

Segundo o Sapo24, PSP e a GNR registaram, entre 01 de janeiro e 11 de dezembro deste ano, 123.391 acidentes rodoviários, 442 vítimas mortais, 2.279 feridos graves e 38.548 feridos ligeiros.

 

Em comparação com o mesmo período de 2022, registaram mais 7.556 acidentes (6,5%), mais cinco mortos (1,1%), mais 147 feridos graves (6,8%) e mais 2.039 feridos ligeiros (5,5%).

 

No entanto e quando comparado com 2019, ano de referência para monitorização das metas fixadas pela Comissão Europeia e por Portugal de redução do número de mortos e de feridos graves até 2030, todos os indicadores de sinistralidade rodoviária diminuíram este ano, à exceção dos feridos graves que aumentaram.

 

Segundo os dados provisórios, até 11 de dezembro os acidentes diminuíram 2,6% (menos 3.361), o número de mortos desceu 3% (menos 14) e os feridos ligeiros baixaram 5,8% (menos 2.408) em relação ao mesmo período do ano passado enquanto os feridos graves aumentaram 4,4% (mais 97).

 

 

[Fotografia: Ilustrativa/Universidade FM]

Últimas