PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

1

País

País/Alto Minho: Tiago Brandão Rodrigues é o novo presidente da Comissão de Ambiente e Energia

12 Abril, 2022 - 19:21

2555

1

Anunciou a Federação do PS de Viana do Castelo.

Tiago Brandão Rodrigues é o novo Presidente da Comissão de Ambiente e Energia da Assembleia da República.

 

Depois de ter sido o Ministro da Educação durante as duas últimas legislaturas (2015-2022), com um tempo recorde à frente da exigente pasta da Educação, Desporto e Juventude, o recente cabeça de lista do Partido Socialista no Alto Minho assume agora Presidência de “uma das mais relevantes” Comissões Permanentes da Assembleia da República.

 

“Este prestigiante papel na dinâmica da Assembleia da República vem acompanhado de um conjunto de outras responsabilidades para os deputados socialistas do Alto Minho. Assim, Tiago Brandão Rodrigues será ainda membro de outras duas comissões parlamentares de alto relevo, como são a Comissão de Orçamento e Finanças e a Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas”, considera a Federação do PS de Viana do Castelo.

 

A deputada valenciana Anabela Rodrigues terá assento, como efetiva, na Comissão de Saúde – como já tinha acontecido na anterior legislatura e na Comissão de Educação e Ciência e será suplente na Comissão de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto.

 

Por seu lado, a deputada Dora Brandão dos Arcos de Valdevez, que já se tinha estreado na Assembleia da República no final da anterior legislatura, irá ter lugar efetivo na Comissão de Defesa Nacional e na Comissão de Agricultura e Pescas, “que assume natural importância para a nossa região”, e será suplente na Comissão de Transparência e Estatuto dos Deputados.

“Esta forte presença dos deputados do Partido Socialista num marcante e relevante conjunto de Comissões Parlamentares – cobrindo mais de metade das Comissões – vem assegurar uma forte influência na capacidade dos deputados socialistas em temáticas que, durante esta legislatura, vão ter um enorme significado para o desenvolvimento económico e social do país e, em particular, do Alto Minho”, realça ainda a Federação socialista.

 

 

[Fotografia: DR]

Últimas