PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Ponte da Barca

P. Barca: Juntas vão passar a ganhar dinheiro com resíduos para reciclar

21 Fevereiro, 2024 - 17:29

353

0

Vão ser instalados quatro Ecolugares no concelho.

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, Augusto Marinho, procedeu à mediação da assinatura de um protocolo com a União de Freguesia de Ponte da Barca, Vila Nova de Muía e Paço Vedro de Magalhães, bem como com a Junta de Freguesia de Oleiros e a empresa Resulima, acordo que marca a instalação de Ecolugares em Ponte da Barca [na foto principal].

 

O projeto, cofinanciado pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), visa não só incrementar as taxas de reciclagem no concelho, mas também promover a sustentabilidade ambiental e proporcionar benefícios financeiros.

 

No âmbito do protocolo, as Juntas de Freguesia envolvidas comprometem-se a disponibilizar espaço público para a implementação dos Ecolugares, quatro no total a ser instalados no concelho de Ponte da Barca, bem como a promover, gerir e assegurar a manutenção destes locais.

 

Por sua vez, a Resulima será responsável pela construção das plataformas de instalação dos equipamentos, bem como pela aquisição, instalação dos mesmos, além da recolha dos resíduos de embalagem.

 

 

Ecolugar em Esposende

[Fotografia: Resulima]

 

 

 

Contrapartida financeira

Um dos aspetos mais significativos deste acordo é a contrapartida financeira estabelecida para as Juntas de Freguesia.

 

Por cada tonelada de resíduos recolhida, serão atribuídos 30 euros para os resíduos de embalagem de vidro, 70 euros para os resíduos de embalagem de papel/cartão e 150 euros para os resíduos de embalagens de plástico e metal.

 

“Esta medida não só incentiva a reciclagem, mas também recompensa os esforços das autarquias locais na promoção de práticas ambientalmente sustentáveis”, considera o Município.

 

Augusto Marinho destacou “a importância das Juntas de Freguesia neste projeto, salientando que são entidades fundamentais no contexto do desenvolvimento sustentável e da sensibilização ambiental devido à sua proximidade com as comunidades locais”.

 

“Com esta iniciativa, Ponte da Barca firma-se como um exemplo a seguir na promoção da sustentabilidade e na gestão eficiente dos recursos, contribuindo assim para a construção de um futuro mais verde e próspero para todos os seus habitantes”, acrescentou.

 

 

 

[Fotografia capa: Resulima]

Últimas