PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Destaques
Mundo

Mundo: Ele também esteve em quarentena… e descobriu a Teoria da Gravidade!

22 Março, 2020 - 14:37

613

0

PUB Corria o ano de 1665 quando Inglaterra foi afetada por uma enorme epidemia. Não era um vírus, mas uma bactéria chamada Yiersinia pestis. Os ratos foram os principais transmissores […]

PUB

Corria o ano de 1665 quando Inglaterra foi afetada por uma enorme epidemia. Não era um vírus, mas uma bactéria chamada Yiersinia pestis. Os ratos foram os principais transmissores para os humanos e o desastre começou a ficar fora de controlo. Por todas as cidades morriam milhares de pessoas devido à peste bubónica causada pela praga.

À semelhança do que acontece atualmente, várias instituições começaram a fechar. Entre elas o Trinity College, em Cambridge. Todos os alunos foram mandados para casa, numa quarentena imposta pela coroa inglesa liderada então pelo monarca Carlos II.

Entre as centenas de alunos encontrava-se um jovem de 22 anos, chamado Isaac Newton. Tal como hoje, também o rapaz terá ficado perplexo com toda aquela situação. Mas tinha de seguir em frente. Optou por ficar em casa da mãe, na localidade de Woolsthorpe-by-Colsterworth.

Fechado em casa e sem aulas, Isaac tinha ao menos a sorte de poder aceder a uma pequena propriedade agrícola ao redor da habitação. O jovem depressa percebeu que aquilo não eram férias. Continuou a estudar e a trabalhar afincadamente. 

O universitário começou então a passar os dias a ler manuais e a fazer os exercícios propostos nas aulas. Gostava de fazê-lo ao ar livre, encostado ao tronco de uma árvore. Foi então que, conforme conta o jornal britânico News18.com, uma maçã caiu sobre a cabeça do jovem.

Todas as luzes acenderam-se de imediato na mente de Isaac. Sem perder mais tempo, atirou-se aos cálculos e – enquanto lá fora a quarentena continuava – no interior daquela casa nascia a Lei da Gravitação Universal, também conhecida como a Teoria da Gravidade.

Entre equações e noites em branco passadas nos cálculos, o universitário chegou à conclusão de que “se dois corpos possuem massa, ambos estão submetidos a uma força de atração mútua proporcional às suas massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância que separa os seus centros de gravidade”.

Dois anos depois, já com o país fora de perigo, o jovem regressou aos estudos. Apresentou a sua teoria aos docentes do Trinity College que ficaram rendidos à evidência. Em dois anos, Isaac tornou-se professor.

Ficar por aqui? Não. Descobriu o Teorema Binomial, construiu o primeiro telescópio de relexão, descobriu o fenómeno da dispersão da luz e, em 1675, enunciou a Teoria Corpuscular de Propagação da Luz contrariando a anterior teoria ondulatória de Huygens.

Isaac Newton faleceu a 31 de março de 1727. É considerado um dos maiores físicos e matemáticos de todos os tempos. É na obra Princípios Matemáticos da Filosofia Natural que o cientista descreve a Lei da Gravitação Universal descoberta… em quarentena. É considerada uma das obras mais influentes da história da ciência.

 

[Fotografia: DR]

 

PUB

 

Últimas