PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Monção

Monção: “Sha… la-la-la-la-la!”… e os dois ‘canecos’ já moram cá – Veja o VÍDEO e FOTOS da festa

19 Junho, 2022 - 22:19

1885

0

Supertaça da AFVC.

Viana é nosso! Viana é nosso e há-de ser… Viana é nosso! Viana é nosso! Viana é nosso até morrer!“. Assim cantaram este domingo dezenas de adeptos do Desportivo de Monção, na Praça Deu la Deu, na receção à equipa que venceu este domingo a Supertaça da Associação de Futebol de Viana do Castelo (AFVC) com vitória de 3-1 sobre o Courense, em jogo disputado no Estádio Morber, em Caminha.

 

Desta vez a festa – previsivelmente – foi em menor número de adeptos comparativamente aos festejos do título, mas foi com a mesma alegria efusiva de sempre. Sobretudo quando Stivan, o matador da equipa, saiu do autocarro com os dois troféus: o título de campeão distrital [alcançado a 10 de junho] e a Supertaça da AFVC.

 

Seguiu-se o inevitável ritual do “Sha… la-la-la-la-la-la! Monção allez!, um dos mais emblemáticos gritos de guerra da claque do Depor.

 

Sha-la-la-la-la-la! Monção allez!

 

 

 

Barbosa quer mais para que se possa “pensar em outros voos”

Um a um, equipa técnica e atletas foram recebidos e abraçados pelo presidente da Câmara à entrada no Museu do Alvarinho. Sorridente e emocionado, Barbosa pegou nos dois troféus com orgulho.

 

“É Monção a deixar marca! Nos últimos anos isso felizmente tem acontecido. Enquanto presidente da Câmara, tenho tido a sorte de ter muitas alegrias não só com o Desportivo de Monção mas com os outros clubes e com tudo em geral”, disse António Barbosa à Rádio Vale do Minho.

 

 

Jogadores chegaram, adeptos fizeram a festa… e todos foram abraçados por António Barbosa
[Fotografias: Rádio Vale do Minho]

 

 

Falando de “uma terra que se afirma em termos económicos e em termos de educação”, o autarca monçanense vê nesta alegria futebolística “uma motivação extra aos monçanenses porque o futebol tem essa capacidade de avivar esse sentimento bairrista que temos”.

 

Sobre a próxima época do Desportivo, o presidente da Câmara defende “um trabalho continuado e prosseguir com a criação de estrutura para que clube e território não estejam dependentes de pessoas”.

 

Ou seja, Barbosa reitera a necessidade de “profissionalizar” o Desportivo de Monção por forma a que se possa manter nos palcos nacionais do futebol e, quiçá, “pensar em outros voos”.

 

 

 

 

Título de campeão distrital e Supertaça da AFVC mostrados aos adeptos a partir das varandas do Museu do Alvarinho
[Fotografias: Rádio Vale do Minho]

 

 

 

Avelino Afonso – Um nome que já significa uma era

Avelino Afonso, presidente do Desportivo, é um dos nomes incontornáveis desta página de ouro do clube. À conversa com a Rádio Vale do Minho, bem perto da emblemática fonte da Danaide, manifestou um orgulho imenso nos atletas, no treinador e toda a equipa.

 

“Para o ano, o Desportivo de Monção completa 90 anos. Estamos a meses disso. Esta vitória é também de todos os meus antecessores que ocuparam o lugar de presidente do clube durante estes 90 anos”, disse Avelino Afonso.

 

Avelino Afonso, o presidente que abriu uma página de ouro no Desportivo de Monção

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

Vencer a Supertaça era algo que não acontecia ao Desportivo há cinco anos [e não 14 como inicialmente noticiado]. Subir aos palcos nacionais não acontecia há 24 anos. Duas proezas históricas numa só época incrível, mas Avelino Afonso já está de olhos postos no que vem aí.

 

“Sabemos que vamos encontrar um campeonato super competitivo. Descem seis clubes e as dificuldades vão ser imensas. Temos de fazer uma equipa para subir, porque se nos aguentarmos lá [no Campeonato de Portugal] já é uma grande vitória”, concluiu o dirigente.

 

 

 

Rogério Amorim: “Não há palavras…”

O treinador do Desportivo também veio com a equipa no autocarro. Saiu e foi imediatamente abraçar o presidente da Câmara. De uma humildade impressionante, Rogério Amorim – mais uma vez – mostrou-se pouco dado a festejos efusivos. Optou mais por observar sorridente os seus pupilos.

 

“É uma enorme alegria! Para os monçanenses, para toda a equipa técnica, para os atletas e também para o Sr. Presidente da Câmara que tem dado um grande apoio ao clube. Não há palavras… é um sentimento muito bom”, disse Rogério Amorim, sem a inseparável boina, à Rádio Vale do Minho.

 

A continuação como técnico do Desportivo de Monção já é uma certeza. Questionado sobre a próxima época, o técnico prefere não levantar demasiado a fasquia.

 

“Temos muitas dificuldades pela frente. Temos por isso de criar uma equipa que nos permita fazer um campeonato muito bom na próxima época”, acrescentou.

 

O Desportivo de Monção sagrou-se na época 2021/2022 vencedor do campeonato da I Divisão da AFVC e vencedor da Supertaça da AFVC.

 

A Taça da AFVC, recorde-se, foi ganha pelo Courense. Já a Taça dos Campeões do Minho seguiu para o Dumiense, da Associação de Futebol de Braga.

 

 

[Fotos e vídeo: Rádio Vale do Minho]

Últimas