PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

1

0

Monção

Monção: Aqui vão ser comidos mais de 3.000 pratos de cozido [FOTOS]

3 Fevereiro, 2024 - 12:51

2703

0

Em Anhões e Luzio.

Mais de três mil pratos de cozido vão ser degustados na 2ª edição do Campo em Festa – Fim de Semana Gastronómico do Cozido à Portuguesa, na União de Freguesias de Anhões e Luzio, Monção. 

 

Pelo menos é essa a expectativa da União de Freguesias de Anhões e Luzio, organizadora do evento que arrancou este sábado. Vai prolongar-se até ao final deste domingo.

 

“Após uma paragem de quatro anos, devido à COVID-19, estemos de volta. Contudo, pela procura das reservas muito superior a 2020, estamos esperançados que possamos ultrapassar o número de visitas na primeira edição”, disse o Presidente da Junta daquela união de freguesia, Amâncio Alves, na cerimónia de abertura.

 

Recorde-se que, conforme noticiou a Rádio Vale do Minho em primeira mão, registaram-se quase duas mil reservas online de refeições para este evento.

 

“Há sensivelmente 10 meses, na comunidade de Anhões e Luzio, mais de 40 homens e mulheres dos 20 aos 85 anos trabalharam na presevação da tradição. Lançaram mãos à obra e semaram batatas e couves. Criaram porcos, galinhas e três vacas de raça barrosã”, lembrou o autarca perante as dezenas de primeiros visitantes ao certame.

 

“O meu agradecimento vai para a comunidade de Anhões e Luzio. Foram impagáveis, inexcedíveis e de uma dedicação extrema. Tenho um grande orgulho na minha gente”, disse Amâncio Alves, saudado com longo aplauso.

 

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

 

 

Barbosa: “É a prova de que é possível fazer trabalhos com a terceira idade”

Visivelmente orgulhoso e sorridente, o Presidente da Câmara Municipal de Monção começou desde logo por realçar que o evento “deixa uma grande imagem daquilo que é esta comunidade de Anhões e Luzio”.

 

António Barbosa foi mais longe e disse mesmo que este evento “é um exemplo daquilo que deve ser a vida comunitária. É um evento não só único no concelho como em todo o distrito, e até no País”.

 

Na presença de uma comunidade envelhecida, Barbosa destacou também que o certame “é a prova de que é possível fazer trabalhos com a terceira idade, permitindo que os idosos possam viver com qualidade fazendo-os sentir-se válidos”.

 

 

 

 

[Fotografia: Rádio Vale do Minho]

 

 

 

Pelo palco do evento, para além do afamado cozido à portuguesa, vão também passar rusgas, charangas, grupos de baile, bombos e muita animação.

 

 

 

Veja ainda esta galeria de fotos [Rádio Vale do Minho]

 

 

 

Confira o programa ao pormenor:

 

Sábado, 3 de Fevereiro de 2024

  • 10H30 | Abertura Oficial com Cantares das Mulheres da Serra da Anta
  • 11h00 | Grupo Amigos do Bombinho (Fontoura, Valença)
  • 12h00 | Associação La-Mi-Ré (Monção)
  • 12h30 | Almoço
  • 13h30 | Charanga Algazarra (Monção)
  • 15h30 | Grupo Octávio e Amigos (Pias, Monção)
  • 16h30 | Rusga As Pegureiras da Serra d`Anta (Merufe, Monção)
  • 18h00 | Cantares ao desafio com Pedro Mendes e Gonçalo Moreira (Penafiel)
  • 19h30 | Jantar
  • 20h00 | Charanga Noroeste (Pontevedra, Espanha)
  • 21h30 | Zecadegas (Povoa de Lanhoso)

 

 

Domingo, 4 de Fevereiro de 2024

  • 10h00 | Abertura
  • 10h30 | Gaitas e Cantares da Portela (Monção)
  • 11h00 | Rusga dos amigos de Sá (Arcos de Valdevez)
  • 11h30 | Eucaristia na Capela do Senhor do Bonfim
  • 12h30 | Almoço
  • 14h00 | Rusga e Cantares da Ribeira (Moreira, Monção)
  • 15h30 | Cantares ao desafio com Pedro Cachadinha, António e Diana Fraga
  • 17h00 | Local livre para os amantes da Música Popular Portuguesa
  • Encerramento da II Edição da Festa à Moda Antiga”

 

 

[Fotografias capa: Rádio Vale do Minho]

Últimas