PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

3

Monção

Monção: André Gonçalves ‘desapareceu do mapa’ – Ninguém sabe dele há dois dias

26 Janeiro, 2023 - 15:14

6070

0

“No entanto, as declarações do jovem a uma rádio local [Rádio Vale do Minho] contradizem a diocese de Viana do Castelo”, escreve o Correio da Manhã.

O padre de Monção André Filipe Gonçalves, acusado de ter relações sexuais com um menor, não é visto pela população das freguesias locais há dois dias, conta o Correio da Manhã.

 

A população afirma que não sabe do paradeiro do padre André desde que o caso de tornou público.

 

A Rádio Vale do Minho noticiou que o padre de Monção tinha sido proibido de exercer o sacerdócio depois de ter confessado ao bispo de Viana do Castelo as relações sexuais com um rapaz que, ao que conseguimos apurar, tem 17 anos.

 

O jovem garantiu, sob anonimato, que a relação foi sempre consentida pelos dois. A relação terá começado em dezembro.

 

“No entanto, as declarações do jovem a uma rádio local [Rádio Vale do Minho] contradizem a diocese de Viana do Castelo, que refere em comunicado um abuso sexual de um menor”, escreve ainda o Correio da Manhã.

 

Junto de fontes jurídicas e especialistas em teologia, a Rádio Vale do Minho ficou a saber que André Gonçalves pode mesmo vir a não ser condenado pela lei. Saiba PORQUÊ [clique para abrir].

 

André Gonçalves prestava serviços nas paróquias de Abedim, Bela, Cambeses, Longos Vales, Portela e Sago, naquele concelho.

 

 

 

[Fonte: DR / Via CM Tv]

Tópicos:

#Igreja

Últimas