PUBLICIDADE
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: “Tenho a certeza que os problemas serão ultrapassados”, diz Presidente da Assembleia Geral

5 Novembro, 2021 - 17:28

773

0

“Todos eles continuarão a prestar grandes serviços a Melgaço”.

O presidente da Assembleia Geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Melgaço acredita que a corporação vai conseguir superar o clima de instabilidade que atualmente atravessa.

 

Uma notícia avançada pelo jornal Voz de Melgaço dá conta de que foi retirada àqueles profissionais uma parcela no ordenado. Montante este calculado pela Direção da corporação que o suspendeu devido a “eventuais faltas na limpeza das viaturas de serviço”.

 

Face a esta suspensão, os profissionais afectados pelos cortes recorreram para a Autoridade para as condições do Trabalho (ACT), que confirmou existir uma “ilegalidade” nesta redução salarial.

 

Aquele periódico dá ainda conta de uma desmotivação crescente nos Bombeiros de Melgaço. Fonte da corporação disse àquele jornal que “há já alguns que falam em procurar novos horizontes, inclusive um deve sair já este mês [novembro]. A única vontade que existe é de abandonar tudo”.

 

“É com preocupação mas, simultaneamente, com a certeza de que todos os problemas serão ultrapassados, que vejo a atual situação vivida no seio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Melgaço”, disse Maximiano Gonçalves à Rádio Vale do Minho.

 

“Durante os cerca de trinta anos que já levo de Presidente da Assembleia Geral desta Instituição, foram vividos, ultrapassados e resolvidos problemas de grande envergadura que me dão, agora, a certeza de que, acima de tudo, todos continuarão a ter em mente os interesses da Associação e da população melgacense”, realçou.

 

Maximiano Gonçalves diz conhecer bem os membros da Direção, do Comando e todo o Corpo Ativo e acredita que “todos eles formam e continuarão a formar um conjunto coeso que continuar a prestar grandes serviços a Melgaço”.

 

“Tenho a certeza que, com diálogo e bom senso, todos os pequenos obstáculos serão ultrapassados porque todos, nesta Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Melgaço, estamos prontos para travar outras grandes lutas e conquistas que, futuramente, irão engrandecer e promover a Instituição, continuando sempre com o principal objetivo de servir, cada vez melhor, a população melgacense”.

 

Recorde-se que, também esta sexta-feira, o Presidente da Câmara Municipal de Melgaço, Manoel Batista, manifestou-se preocupado com o “desenrolar dos últimos acontecimentos” nesta corporação.

 

Contactado pelo Voz de Melgaço, o presidente da AHBVM, Luís de Matos, garantiu que todos os pagamentos relativos às Equipas de Combate a Incêndios (ECIN) já estão “regularizados”. O único assunto pendente, acrescentou, prende-se com o “inquérito às faltas”.

 

 

[Fotografia: Arquivo / Município Melgaço]

Últimas