PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço/MDoc: E os grandes vencedores são…

7 Agosto, 2023 - 17:57

880

0

MDoc.

O filme “Mighty Afrin: In the time of flood”, do realizador grego Angelos Rallis, venceu o prémio Jean Loup Passek para melhor longa-metragem do festival de documentário de Melgaço MDoc, anunciou a organização.

 

De acordo com a sinopse, o filme conta a história de Afrin, uma órfã de 12 anos que se vê forçada a abandonar o local onde vive devido à subida do nível das águas do rio Brahmaputra, no Bangladeche, viajando até Daca para procurar o pai “por entre milhões de refugiados do clima”.

 

 

Angelos Rallis, realizador que conquistou a edição deste ano do prémio Jean Loup Passek

[Fotografia: Município Melgaço]

 

 

No campo das curtas e médias-metragens, o prémio foi para “Taxibol”, de Tommaso Santambrogio, com menção especial para “Budapest Silo”, de Zsófia Paczolay.

 

O prémio para melhor documentário português foi atribuído a “Astrakan 79”, de Catarina Mourão, enquanto o prémio Don Quixote de melhor longa-metragem foi entregue a Farnaz Jurabchian e Mohammadreza Jurabchian por “Silent House”.

 

Na mesma categoria, mas nas curtas e médias-metragens, o prémio foi para “Will You Look at Me”, de Shuli Huang.

 

O prémio para o melhor cartaz foi atribuído a “Entre Ilhas”, da ‘designer’ Júlia Garcia.

 

 

[Fotografia capa: Município Melgaço]

Tópicos:

#Cinema

Últimas