PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: Ir até à Branda e lembrar a cultura da transumância

4 Agosto, 2023 - 18:44

1608

0

Tradição.

É um “dia” que acabam por ser dois. O Dia do Brandeiro, em Melgaço, vai ser celebrado este sábado e domingo.

 

Trata-se de um evento assinalado há mais de duas décadas pelos habitantes da aldeia da Branda da Aveleira, na freguesia de Gave, em Melgaço.

 

O Dia do Brandeiro está integrado no Melgaço em Festa, a programação de Verão do Município.

 

Durante os dois dias, os visitantes e melgacenses terão a oportunidade de observar e conhecer a cultura brandeira.

 

A Branda da Aveleira é uma das muitas brandas que se encontram espalhadas pelas zonas mais altas do Alto Minho.

 

É composta por cerca de 80 casas, denominadas cardenhas, todas muito rústicas, de sobrado e corte térreos, que formam um conjunto ímpar não só pela sua tipicidade, como também por serem de fácil acesso.

 

As cardenhas, eram os abrigos dos brandeiros, pastores que cumpriam a chamada transumância.

 

Nestes aglomerados de rudes construções de granito, erguidas no alto da montanha, os pastores passavam os dias entre maio e setembro, acompanhando o gado que, no alto da serra, encontrava, e encontra, pasto fresco, no clima brando, onde o ar é mais puro e onde as águas são cristalinas e leves.

 

Estas construções eram autênticas aldeias de verão, também chamadas por isso “Verandas” [Brandas].

 

O programa do Dia do Brandeiro é comemorado todos os anos no primeiro sábado de agosto. Inclui ainda o concurso Apanha do porco, a Caminhada do conhecimento, uma corrida de cavalos e animação musical e concertinas.

 

Não faltará certamente a boa gastronomia local.

 

 

[Fotografia: Arquivo/Município Melgaço]

Tópicos:

#Tradição

Últimas