Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço: Há mais 3.500 árvores em Remoães

2 Fevereiro, 2024 - 19:54

249

0

Intervenção florestal.

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) elaborou e executou um projeto de intervenção florestal na unidade de baldios da freguesia de Remoães, em Melgaço.

 

Com o apoio da Junta de Freguesia de Prado e Remoães, foram ali plantadas cerca 3.500 árvores de diferentes espécies. 

 

“Este projeto tem como principal objetivo a proteção dos solos e conservação da biodiversidade, aliada ao aumento da resiliência desta área aos fogos florestais”, explicou a Junta de Freguesia à Rádio Vale do Minho.

 

 

[Fotografia: JF Prado Remoães]

 

 

 

A intervenção, numa área aproximada de 6,2 hectares, foi dividida em duas fases.

 

A primeira fase consistiu no controlo mecânico e motomanual da vegetação espontânea, abrangendo toda a área de intervenção. O trabalho foi executado pelos Sapadores Florestais do Município.

 

A segunda fase consistiu na plantação de locais e/ou adensamento das áreas onde já existia regeneração de pinheiro-bravo e carvalho alvarinho.

 

 

 

[Fotografia: JF Prado Remoães]

 

 

No total, conforme referido, foram plantadas cerca de 3.500 árvores das seguintes espécies: Acer monspessulanum (Zelha), Betula pubescens (Vidoeiro), Celtis autralis (Lódão) e Sorbus aucuparia (Tramazeira), Quercus robur (carvalhos alvarinho), Quercus faginea (carvalhos cerquinho) e Arbutus unedo (medronheiros), pinheiro bravo, , pinheiro silvestre e pinheiro larício.

 

O projeto, referiu ainda a Junta de Freguesia, “foi executado com recurso a meios próprios do ICNF, quer ao nível das plantas utilizadas, quer ao nível dos recursos humanos” com o empenhamento do pessoal do Corpo Nacional de Agentes Florestais.

 

 

 

[Fotografia capa: JF Prado Remoães]

Últimas