PUBLICIDADE
3
AVANÇAR

Menu

+

0

0

Melgaço

Melgaço/25 abril: Este sábado há homenagem, uma conferência e uma exposição para ver

5 Abril, 2024 - 19:29

100

0

Comemorações dos 50 anos do 25 de Abril.

A Casa da Cultura de Melgaço vai ser palco este sábado de uma homenagem a Maria Beatriz Rocha-Trindade, reputada socióloga das migrações, com a apresentação do seu livro “Em Torno da Mobilidade – Provérbios, Expressões Idiomáticas, Frases Consagradas”, pelo professor Albertino Gonçalves.

 

A iniciativa tem início marcado para as 9h30. A entrada é livre.

 

A ação está integrada no programa do Município das Celebrações dos 50 anos do 25 de Abril.

 

Também na Casa da Cultura, pelas 11h00, vão reunir-se personalidades que se debruçarão em temáticas relacionadas com os tempos da ditadura e da Revolução dos Cravos durante a conferência “O Caminho para a Liberdade”.

 

Entre os convidados estão Aser Alvarez (Bande, politólogo e jornalista), abordará o tema “O Assalto ao Santa Maria e o princípio do fim do Salazarismo”; Xosé Estévez (Quiroga, Lugo, Galiza, Professor/Investigador), partilhará a sua visão sobre “do Galeuzca ao DRIL (Diretório Revolucionário Ibérico de Libertação)”; Américo Rodrigues (Castro Laboreiro, Professor/Investigador), abordará o tema “Virgínia Moura, uma vida de luta pela liberdade”; e Manuel Sarmento, deixará o testemunho da resistência estudantil anti-fascista, pós crise académica de 1969”.

 

A entrada é livre, mas carece de inscrição prévia, que poderá ser realizada através do preenchimento do formulário disponível aqui: https://bit.ly/ConferênciaOCaminhoParaaLiberdade

 

Nesta manhã, no mesmo espaço, será ainda inaugurada a exposição “25 de Abril: Rumo ao Cinquentenário”, da CIM Alto Minho.

 

A mostra, criada pelo Plano Nacional das Artes (PNA), é constituída por 11 roll-ups sobre os 50 anos do 25 de Abril de 1974, abordando vários temas, nomeadamente: regimes políticos do século XX, o Estado Novo, a contestação à ditadura, a guerra colonial, o MFA, o golpe de estado militar, a revolução, a descolonização e as independências, o PREC, a democracia e o ativismo. Cada painel terá um QR Code associado que permitirá aceder a uma página com conteúdos suplementares (textos, fotografias, imagens, vídeos, etc.).

 

 

[Fotografia: Arquivo Município Melgaço]

Últimas